Idib aplica prova de concurso do CRM para mais de 8 mil pessoas com esforço sanitário para evitar a transmissão do coronavírus

Nos preparativos, os 832 funcionários evolvidos receberam treinamento para seguirem o protocolo de combate a Covid-19

Foto: Divulgação

No último domingo, 25, o Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) realizou a prova objetiva do concurso público do Conselho Regional de Medicina do Mato Grosso (CRM-MT), em Cuiabá. Os candidatos concorrem a nove vagas de contratação imediata e 63 de cadastro reserva. Os 8.410 inscritos foram alocados em 16 escolas – quatro delas funcionaram em dois turnos – para impedir aglomeração e evitar a transmissão do novo coronavírus.

Como vem fazendo em outras provas por todo o Brasil, o Idib implementou seus protocolos especiais durante a pandemia e, no sábado, os 832 colaboradores envolvidos receberam treinamentos especializados. As medidas incluíram borrifação de desinfetante no imóvel, equipamentos e objetos antes e após os exames; limpeza das solas dos calçados em tapete especial e medição de temperatura corporal logo na entrada do local de provas; distanciamento de 1,5m entre as pessoas; uso de álcool gel, luvas e máscaras. Uma ambulância particular ficou à disposição no local.

Os sete diferentes cargos do concurso exigem formações acadêmicas que vão do ensino médio ao curso superior nas áreas de Administração, Informática, Direito, Medicina, Economia, Contabilidade e Engenharia. Os salários iniciais variam de R$ 1.982 (auxiliar administrativo e motorista) a R$ 8.108 (médico fiscal).

O concurso é válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos, e a convocação dos candidatos selecionados no cadastro de reserva ocorre nesse período, caso a administração pública precise preencher cargos que fiquem vagos por motivos de aposentadoria, desistência ou mesmo pela decisão de criar vagas.

Sobre o Idib

Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib) tem parcerias com órgãos e instituições de todo o território nacional e status que o credenciam como uma instituição sólida, respeitada e inovadora, uma das maiores bancas organizadoras de concursos públicos no país. Pioneiro na utilização de biometria digital e facial para a identificação de candidatos e redução de fraudes, conta com um aparato de segurança que inclui câmeras de alta definição com monitoramento 24h, sistema anti-hackeamento, detectores de metal, malotes de segurança lacrados impermeáveis e resistentes ao fogo, fragmentadoras, portas blindadas, comunicação por rádio amador e bloqueadores de celular – um verdadeiro arsenal contra irregularidades.

O Idib foi a primeira instituição a organizar concurso público para o Exército Brasileiro: os certames da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (Espcex) e o de admissão do Colégio Militar de Salvador (CMS), esse ano. Fazem parte do portfólio do Idib, também, o Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj); o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 5ª Região, na Bahia; a Polícia Militar da Paraíba; o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul (MP/RS); a Ordem dos Advogados do Brasil de Goiás (OAB/GO); a Eletrobrás do Piauí; a Câmara Municipal de Maceió, Alagoas, e os governos dos estados do Goiás e Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo