Dia do Médico 2020: o ano dos médicos

Todos os anos o Dia do Médico é lembrado e celebrado, em 2020 não será possível comemorar da mesma forma, mas com certeza será o mais valorizado.

Com a pandemia, que ainda não acabou, os médicos foram essenciais no enfretamento da covid-19. Os profissionais arriscam suas vidas, sacrificam a convivência com a família, se expõem ao vírus e ainda se submetem a um grande estresse.

Sede da AMMS em Campo Grande (MS) – Foto: Divulgação

Nos momentos em que a necessidade dos médicos é altíssima, isto é, durante as grandes epidemias, eles estão mais expostos ao perigo”. Com essa frase, o filósofo alemão Friedrich Nietzsche resume o papel dos profissionais da saúde em épocas como esta, em que o surto de uma doença extremamente infecciosa gera uma pandemia que afeta e ameaça a vida de milhares de pessoas.

Com pacientes isolados e sozinhos em um leito, que tais profissionais realizam a sua vocação para o cuidado. Cuidar é responsabilizar-se pelos outros, cumprindo a faculdade, a disposição e a pré-ocupação com o outro.

A Associação Médica de Mato Grosso do Sul (AMMS) que sempre prezou pela prática da boa medicina e de condições dignas de trabalho, deu total apoio e respaldo aos médicos nesse momento inesperado e difícil. Também promoveu ações que defenderam o uso dos EPIs e fez doações desses equipamentos.

Por isso, nessa data quer homenagear e reverenciar os médicos, pois seus conhecimentos devem ser respeitados e suas intervenções, objeto de confiança e crédito. Nas mãos dos médicos é entregue vidas, por isso toda política de estado deve incentivar esse reconhecimento e favorecer essa confiança, a fim de contribuir para que o conhecimento, teórico e prático, seja incrementado, com verbas, oportunidades, salários adequados e, sobretudo, deferência e consideração. Afinal, a ação dos profissionais da saúde é uma arte baseada na ciência, uma arte cujo objeto é a cura, compreendida ao longo dos séculos como a devolução de um organismo ao seu estado natural – ou tão próximo a ele quanto possível.

Em 2020, mais do que nunca é preciso homenagear quem tem o poder curativo, de aliviar dores. Vemos cenas de pessoas anônimas, por trás de máscaras, que doam o seu melhor pelo próximo!

Sabemos que sempre podemos contar com médicos! Parabéns a todos por este dia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo