Helicóptero cai em Rio Claro (RJ) e 2 pessoas morrem

Um helicóptero com duas pessoas a bordo caiu na manhã desta quinta-feira (15) no município de Rio Claro, no Sul do Estado do Rio de Janeiro, causando a morte dos ocupantes. Uma das vítimas foi arremessada para fora da aeronave enquanto que a outra ficou presa às ferragens.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Rio de Janeiro, o acidente aéreo aconteceu no Distrito de Passa Três, na região rural da cidade, área de difícil acesso.

Fotos: WhatsApp/Reprodução

As causas do acidente ainda são oficialmente desconhecidas e serão investigadas pelas autoridades competentes. As duas vítimas fatais ainda não foram identificadas.

Equipes do Corpo de Bombeiros, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e das Polícias Civil e Militar foram acionadas e enviadas para o local do acidente, que foi isolado e cercado.

Moradores próximos do local do acidente disseram que ouviram um forte estrondo e assim que saíram para averiguar o que havia ocorrido perceberam que uma aeronave havia caído. Não houve explosão e nem incêndio.

Em nota enviada aos órgãos de imprensa, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou que o helicóptero, modelo Robinson 44 e matrícula PR-ESK, estava com o Certificado de Aeronavegabilidade cancelado, o que significa que a aeronave não poderia estar sendo utilizada.

Já a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que o helicóptero estava com os documentos em situação irregular, e que o mesmo não poderia estar em uso.

Fotos: WhatsApp/Reprodução

Ainda de acordo com o Serviço do Comunicação Social da FAB, uma equipe de investigadores da Aeronáutica será enviada para o local do acidente para averiguar o que de fato aconteceu.

Técnicos e investigadores do 3º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA III), órgão vinculado a FAB, deve chegar ao local do acidente nas próximas horas, sendo que a principal função deles será o de analisar os destroços, reunir documentos, ouvir testemunhas do acidente e retirar partes importantes da aeronave que possam contribuir para elucidar o que de fato ocorreu durante a queda do aparelho.

Os corpos das duas vítimas fatais já foram resgatados e levados para o Instituto Médico Legal (IML), onde serão realizados todos os exames de praxe.

Com informações das Assessorias da SSP/RJ, da ANAC e da FAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo