Novo Hyundai Tucson muda tudo e terá três versões híbridas para tentar ser o melhor SUV do mundo

Quarta geração terá três tipos de versões eletrificadas e está confirmada para o Brasil

Hyundai Tucson 2021 Frente (Foto: Divulgação)

As luzes diurnas embutidas na grade são a característica mais chamativa do novo Tucson (Foto: Divulgação)

Após as inúmeras críticas recebidas por conta do visual de seus lançamentos recentes, como o HB20, a Hyundai provou que não desaprendeu a fazer carros com design impactante. Apresentado no exterior, o novo Hyundai Tucson está completamente remodelado e com significativas novidades de tecnologia.

De cara, chama a atenção as luzes diurnas de LEDs compostos por cinco pontos de luz que se integram à grade frontal como se fossem uma única peça. A sacada da Hyundai foi desenvolver um padrão que faz os faróis passarem quase despercebidos quando estão desligados, mas se transformam em protagonistas no momento em que estão ativos.

Hyundai Tucson 2021 Grade Frontal (Foto: Divulgação)

Faróis de LED se destacam na grade frontal (Foto: Divulgação)

O cromado não está apenas na região dianteira, e acompanha todo o perfil do SUV na região superior dos vidros. A lateral recebeu diversos vincos, que cruzam as portas em diferentes ângulos.

Na traseira, também há mudanças significativas, especialmente nos dois pares de lanternas tridimensionais, integrados por uma barra luminosa. O limpador do vidro traseiro segue a tendência de ficar escondido sob o spoiler.

Em relação às dimensões, o modelo está ligeiramente maior que seu antecessor, com 4,5 m de comprimento, 1,86 m de largura e entre-eixos de 2,68 m.

Hyundai Tucson 2021 Traseira (Foto: Divulgação)

Traseira do novo Tucson também passou por mudanças (Foto: Divulgação)

Vale lembrar que essa nova identidade visual será aplicada em outros modelos do fabricante, como no caso da picape Santa Cruz, que será apresentada em breve.

As mudanças no interior acompanham a ideia de oferecer uma geração totalmente renovada do SUV. No painel, o destaque fica por conta da tela de 10,25 polegadas da central multimídia, que é integrada aos comandos digitais do sistema de ar-condicionado. O painel de instrumentos também é digital e exibe as informações em uma tela com as mesmas 10,25”.

Entre as tecnologias disponíveis, há controle de cruzeiro adaptativo, frenagem automática de emergência, assistente de permanência de faixa, câmeras 360º e sistema de alertas de ponto cego. A Hyundai também permitirá que o motorista dispense o uso da chave, permitindo que o carro seja aberto e ativado por meio do smartphone.

Hyundai Tucson 2021 Interior (Foto: Divulgação)

Interior do novo Hyundai Tucson (Foto: Divulgação)

Para os mercados do exterior, o novo Hyundai Tucson será equipado com diferentes tipos de motorização, mas sempre com um propulsor quatro cilindros 1.6 turbo a gasolina ou diesel. As versões de entrada contam com câmbio manual de seis marchas, enquanto as demais opções são equipadas com transmissão automatizada de dupla embreagem e sete marchas.

Além de de dois motores movidos a gasolina (um que gera 150 cv e o outro, híbrido-leve de 48 V, de 180 cv) e a diesel (um de 115 cv, e outro de 136 cv e que também é híbrido-leve de 48 V), a Hyundai fabricará uma versão híbrida com potência de 230 cv, com previsão de chegada para o início de 2021. O Tucson também receberá uma versão híbrida plug-in, que ainda não teve seus dados revelados.

As vendas do SUV estão previstas para começarem a partir do final deste ano nos mercados da Europa, Ásia e Estados Unidos. Fontes ouvidas confirmaram que o novo Tucson está confirmado para o Brasil.

Inicialmente o modelo virá ao país somente importado e conviverá com as outras duas gerações produzidas em Anápolis (GO), o ix35 e o (agora nem tão) “New” Tucson. A nacionalização do novo Tucson ocorrerá posteriormente, possivelmente ocorrendo após o término da produção do ix35.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo