Veja quais marcas estão auxiliando os caminhoneiros durante a quarentena

Muitas pessoas trabalham por anos, com afinco, para adquirir patrimônio e para garantir segurança e estabilidade para a família e herdeiros.

Quando ocorrem grandes crises, como a que temos enfrentado, os esforços caem por terra e muitos podem perder, por conta da dificuldade de pagar as contas e honrar com os compromissos, as coisas pelas quais batalharam por muito tempo.

Foto: Shutterstock

O auxílio emergencial, disponibilizado pelo governo federal a uma parcela desassistida da população, veio para auxiliar os que se viram em uma situação desfavorável por conta da pandemia. Apenas o auxílio, porém, não tem sido suficiente para a manutenção de uma série de agrupamentos familiares.

Nessa hora, é importante que contemos com a solidariedade de uma série de instituições e organizações. Como já sabemos, há companhias que mantiveram os salários de seus trabalhadores intocados, mesmo com as portas fechadas, e há outras que têm se dedicado a fornecer cestas básicas e similares.

Quando falamos sobre os caminhoneiros, que são responsáveis pelo abastecimento das grandes cidades e fundamentais para a manutenção da vida cotidiana, o que tem sido feito? Neste artigo, citaremos algumas das marcas que têm se movimentado para auxiliar os profissionais dessa categoria. Confira.

Caminhoneiros: quais são as marcas que têm auxiliado?

Focos de solidariedade tem sido vistos em todo o país: em Idaial, em Santa Catarina, restaurantes tem preparado marmitas para caminhoneiros que trafegam pela região. Como os estabelecimentos estão todos fechados, estes profissionais não teriam como se alimentar sem essa ajuda.

Outros casos incluem:

Posto Ipiranga

A empresa, que investiu cerca de vinte milhões de reais no combate à doença causada pelo novo coronavírus, lançou uma campanha de vacinação contra a gripe voltada especialmente para caminhoneiros.

Embora a vacina seja contra o H1N1 e não tenha impacto contra a COVID-19, ela auxilia na manutenção do sistema imunológico dos indivíduos e ajuda a proteger os que não podem pensar em fazer a quarentena.

A mesma iniciativa, em parceria com a empresa Natura, distribuirá cerca de vinte mil kits de higiene, até o dia 6 de junho, em 14 cidades do interior de São Paulo.

A intenção, com isso, é permitir que as pessoas menos favorecidas possam manter-se em dia com os hábitos de higiene, lavando as mãos com mais frequência e protegendo-se com mais efetividade.

Através do programa Km de Vantagens, por fim, o caminhoneiro ainda pode trocar pontos acumulados por marmitas em postos da rede Ipiranga. Em 15 dias de campanha, foram resgatadas cerca de 10 mil marmitas. Acredita-se que, até o final do mês de junho, 75 mil marmitas sejam fornecidas aos donos de caminhões.

Copagaz

A Copagaz, empresa distribuidora de gás de cozinha (GLP), está participando de um projeto colaborativo e social chamado Gaztronomia.

Em duas ações distintas, nas rodovias Anchieta e Castelo Branca, a companhia fornecerá aos caminhoneiros com mais de dez mil refeições. Ao final da campanha, espera-se que sejam distribuídas dez toneladas de alimentos.

BR Distribuidora

Companhia de combustíveis, a BR Distribuidora tem dado aos caminhoneiros, em seus postos de gasolina, frascos de álcool em gel gratuitos, além de ter disponibilizado mais de 60 mil quentinhas aos profissionais do volante.

Para além disso, a distribuidora oferecerá, aos cadastrados no cartão caminhoneiro – que, vale dizer, são mais de dezesseis mil pessoas -, consultas médicas. A iniciativa tem parceria com a Dasa, a Rede Ímpar de Hospitais e a GSC Integradora de Saúde.

Outras iniciativas valiosas

No Distrito Federal, caminhoneiros receberam cartilhas com orientações sobre formas de prevenção contra o novo coronavírus durante os dias na estrada. A cartilha, de acordo com o portal oficial do governo, detalha sintomas, procedimentos e práticas para evitar o contágio, como a higienização de superfícies, mãos e afins.

Em Pernambuco, caminhoneiros e portuários foram privilegiados na campanha de vacinação contra a gripe, uma vez que estão em constante contato com o público e frequentemente expostos a focos de possível contágio.

Em São Paulo, um pedido de liminar solicita ao governo que suspenda a cobrança de pedágios em estradas estaduais e federais que atravessam o estado paulista. A ação, que ainda será julgada, visa proteger e auxiliar os trabalhadores em viagem.

No âmbito virtual, foram criados aplicativos que visam oferecer aos caminhoneiros a possibilidade de encontrar, a qualquer hora do dia ou da noite, assistência 24h e reboque. Os mesmos aplicativos também oferecem informações sobre postos de atendimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo