Allan Gregorio explica o sucesso dos filtros do Stories do Instagram que conquistaram até os famosos

O designer Allan Gregorio faz sucesso entre as celebridades na internet com os seus filtros para o Instagram Stories. Ele explica porque esta novidade caiu no gosto popular e conseguiu a adesão até mesmo dos famosos.

Alan Gregorio – Fotos: Reprodução / MF Press Global

Os filtros do Instagram se transformaram numa verdadeira febre entre os usuários, de anônimos a famosos, desde que a rede social passou a permitir a criação de vários deles para os Stories. Há filtros para todos os gostos e de todos os tipos, desde filtros ideais para selfies até efeitos que podem ser muito úteis embelezando o rosto, disfarçando imperfeições ou acrescentando divertidos elementos de realidade aumentada ao vídeo.

O designer e criador de filtros do Instagram Allan Gregorio começou a criar filtros filtros para a plataforma de forma despropositada a princípio, mas acabou se tornando um grande sucesso, acumulando mais de 200 milhões de impressões em suas criações e vendo suas criações serem usadas por famosos como Pabllo Vittar, Nando Reis, Penelopy Jean e diversas outras celebridades. Ele revela porque os filtros têm feito tanto sucesso dentro e fora do mundo dos famosos.

“Acredito que isto se deve ao fato de os filtros representam uma evolução social. Por muitas vezes eles são cômicos, como aqueles que ‘revelam’ o seu futuro ou qual personagem você é, e que geram reações compartilháveis, o que então tem o potencial de se tornar viral e atingir milhões de pessoas. Eles ajudam a criar uma conexão com a audiência, se expressar e contar uma história, e isso é fundamental para uma celebridade. Para os que não são famosos representa diversão entre amigos e atrair novos seguidores na rede social, e para famosos pode representar uma maior conexão com o público.”

Evolução da tecnologia

Allan Gregorio ressalta que o que parece apenas puro entretenimento sem propósito, na verdade está cada vez mais presente na vida das pessoas: “Pode parecer algo fútil a princípio, mas o que começou como um experimento, desde o Snapchat, hoje serve de entretenimento para as mais de 400 milhões de pessoas todos os dias e já chama atenção de grandes empresas, que começaram a perceber o quão valioso esse recurso pode ser para espalhar as marcas entre os usuários e todas as utilidades práticas que estes recursos de realidade aumentada podem ter, muito além de nos deixar com cara de cachorrinho ou inserir uma maquiagem na nossa imagem digitalmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo