Sucessor do Citroën C3 começa a ser fabricado no Brasil

Modelo usará a nova plataforma modular CMP e poderá ter motor 1.2 turbo

O novo C3 Aircross já foi registrado no Brasil, mas modelo nacional será simplificado (Foto: Divulgação)

O novo C3 Aircross já foi registrado no Brasil, mas modelo nacional será simplificado (Foto: Divulgação)

A Citroën começou neste mês a produção, ainda em fase de testes, da nova plataforma CMP. A base modular é a mesma do novo Peugeot 208 e dará origem ao sucessor do C3.

Imagem da CMP compartilhada pela Citroën é equipada com motor 1.2 turbo (Foto: Divulgação)

Imagem da CMP compartilhada pela Citroën é equipada com motor 1.2 turbo (Foto: Divulgação)

Segundo o site Autos Segredos, além do novo hatch, a Citroën prepara um SUV e um sedã inéditos para completar sua gama no país. O trio conviverá com o C4 Cactus, que ainda usa a plataforma do C3 atual e será reestilizado para seguir o visual dos novos modelos.

Novo SUV da Citroën no Brasil usará a mesma plataforma do Aircross europeu (Foto: Divulgação)

Novo SUV da Citroën no Brasil usará a mesma plataforma do Aircross europeu (Foto: Divulgação)

A Citroën divulgou uma imagem genérica da CMP, mas a presença do motor 1.2 turbo na reprodução digital antecipa uma parte das novidades dos futuros Citroën. Além do três-cilindros modernizado – e, por enquanto, ausente no novo 208 – a marca pode manter no portfólio o 1.6 16V da família EC5 de até 122 cv usado atualmente.

Os novos Citroën serão compatíveis com frenagem automática de emergência (Foto: Divulgação)

Os novos Citroën serão compatíveis com frenagem automática de emergência (Foto: Divulgação)

Por outro lado, o veterano 1.6 THP de até 173 cv pode se aproximar da aposentadoria. Apesar dos bons números de desempenho, o propulsor exige mudanças para atender às novas regras de emissões e pode ser substituído pelas versões mais potentes do 1.2 turbo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo