Há 56 anos a Ford criava um robô feito com peças do Mustang

Autômato chamado Freddie tinha peças dos principais modelos da marca e foi ganhando recursos ao longo dos anos

O robô tinha mostradores analógicos funcionais no corpo (Foto: Divulgação)

O robô tinha mostradores analógicos funcionais no corpo (Foto: Divulgação)

A Honda ficou famosa com seu robô Asimo, mas décadas antes da máquina humanóide impressionar o mundo, a Ford já fazia exibições com Freddie, seu autômato promocional.

A máquina era feita com peças de diversos carros da marca, como o Granada, Thunderbird e Mustang. No começo Freddie participava de caravanas da marca que atravessavam os Estados Unidos para divulgar os modelos e futuras tecnologias – para concorrer com a famosa Motorama da GM.

Freddie tinha 2,74 metros de altura (Foto: Divulgação)

Freddie tinha 2,74 metros de altura (Foto: Divulgação)

Freddie, que era uma espécie de robô pré-histórico, usava pinças de freio como mãos, cárter de V8 para os pés e lanternas de Mustang como olhos.

A tecnologia da época limitava seus recursos, mas a Ford conseguiu incluir, em versões mais modernas do Freddie, frases pré-gravadas quando o público apertava um de seus botões.

O robô tinha frases pré-gravadas que eram acionadas por botões (Foto: Divulgação)

O robô tinha frases pré-gravadas que eram acionadas por botões (Foto: Divulgação)

As gravações envolviam a divulgação de recursos ou modelos do grupo, exaltando, por exemplo, a eficiência dos freios a disco ou a necessidade de “só” trocar o óleo a cada 6 meses – a metade do prazo recomendado para carros modernos.

O autômato tinha 2,74 metros de altura e chegou até a ser “assistente” de shows de mágica feitos pela carretada da Ford.

A empresa ainda guarda uma unidade 1982 do Freddie, exposta na sede da empresa em Dearborn, no estado de Michigan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo