Os aspetos que influenciam o emagrecimento

O emagrecimento, como você sabe, depende de inúmeros fatores. A alimentação que você faz, seu ritmo cotidiano, se vai ou não na academia ou mesmo de seus genes.

Apesar de se notar na população uma busca pelas melhores dietas para emagrecer, os resultados nem sempre são os esperados e, por isso, pode surgir alguma frustração em quem está tentando perder peso.

Algumas dietas mais recentes, como a o jejum intermitente ou a dieta SirtFood parecem gerar alguns resultados e são promovidas por celebridades internacionais.

Os pesquisadores, ainda assim, têm tentado compreender melhor a razão de algumas dietas funcionarem numas pessoas e não em outras e, para isso, realizaram estudos sobre o papel dos genes na variação do peso. Conheça essa pesquisa e os fatores que influenciam seu emagrecimento.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Estudos sobre fatores genéticos no peso

Hoje em dia, a tendência é para que surjam várias dietas distintas e, uma das que está sendo falada é a dieta do DNA.

O papel dos genes no peso é algo que tem interessado a comunidade científica, já que, enquanto algumas pessoas parecem quase imunes a engordar, outras engordam com muita facilidade.

Os pesquisadores estão testando suas teorias e, num estudo realizado com gêmeos, concluiu que as pessoas que não ganham peso podem ter, na verdade, um defeito em seu metabolismo, sendo que seu corpo desperdiça demasiada energia.

A obesidade e os genes

A ideia de que pode ser realizada uma dieta com base nos genes tem sido muito apelativa para as pessoas e, por isso, os especialistas estão até falando em manobras novas para definir o tipo de dieta mediante a análise genética.

A obesidade, por exemplo, está hoje relacionada com 400 genes e com deformações em alguns receptores como os de Leptina e MC4.

Embora isso possa parecer um bom princípio para avançar na dieta, indicando que pode ser possível ter os genes na base das soluções, a verdade é que ainda existem alguns limites nos testes que podem ser realizados. No caso da obesidade, por exemplo, dos 400 genes envolvidos, apenas se poderiam identificar 40.

Outros fatores que contribuem para a perda de peso

Apesar de existir um componente genético no ganho e na perda de peso, você deve lembrar que seu peso se relaciona com inúmeros fatores.

Assim, para perder peso, é fundamental que realize atividade física regularmente e que busque uma alimentação saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo