Quando o empréstimo pessoal é uma boa opção?

Medida pode aliviar as contas em um momento de dificuldade, mas é preciso estar atento às adversidades

Foto: Divulgação

O empréstimo pessoal é um dinheiro concedido por uma instituição financeira ou uma cooperativa, que tem como principal característica a liberdade para a sua utilização. Ou seja, não é preciso indicar qual será a sua aplicação, como ocorre no financiamento.

Em tempos de crise, é normal que muitas pessoas tenham dificuldade em se organizar financeiramente. Gastos extras aparecem, a receita diminui e tudo pode se tornar uma imensa bola de neve se não houver cuidado e atenção com as finanças.

A principal característica do crédito pessoal é a sua facilidade e rapidez na negociação. Dessa forma, ele é indicado para situações emergenciais, quando é necessário investir um alto valor para quitar uma dívida ou solucionar um problema individual e não há dinheiro disponível para isso.

É por isso que muita gente apela para o empréstimo pessoal diante da necessidade. Mas é preciso estar atento, já que, em troca dessa concessão, a instituição financeira escolhida cobra uma taxa de juros mensal, que varia conforme a política da empresa e a negociação com o contratante.

Outros fatores podem influenciar nesse valor, como o total emprestado e a análise de crédito do cliente, o que gera um aumento no encargo para o resguardo da inadimplência.

As condições de empréstimo variam em cada instituição financeira. Alguns clientes têm uma linha de crédito pré-aprovada, ou seja, que só precisa ser solicitada para ocorrer a liberação na conta. Por outro lado, essas instituições cobram taxas mais altas, o que geralmente diminui a sua atratividade.

Na hora de fazer um empréstimo pessoal ou outro tipo de empréstimo, é fundamental conhecer preços e o funcionamento do mercado de empréstimos para não cair em ciladas. Não se desespere e não caia na tentação de qualquer oferta milagrosa que, eventualmente, possa ser oferecida a você.

Cuidado com os golpes de empresas de fachada – em especial, com sites e aplicativos de empréstimo online. Em alguns casos, pessoas mal intencionadas criam empresas fantasmas para receber dinheiro de terceiros sem lhe oferecer o serviço adquirido.

Outra dica importante tem a ver com planejamento. Planejar a forma como você vai pagar o empréstimo é essencial. Você precisa ter controle total as suas finanças e das suas obrigações financeiras para que o empréstimo não se torne um fardo e nem uma dívida adicional no seu orçamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo