É possível educar o seu filho desde a gestação, afirma psicanalista

O psicanalista Fabiano de Abreu é autor de um estudo que propõe que é possível educar o filho desde o ventre materno. Saiba como.

Psicanalista Fabiano de Abreu – Foto: MF Press Global

Freud, o pai da psicanálise, acreditava que com 4 anos de idade a personalidade da criança já estava formada, considerando que a personalidade é formada de parte genética e parte influência do ambiente em que vivemos, e que nos influenciar desde a gestação.

O filósofo, psicanalista e especialista em estudos da mente humana, Fabiano de Abreu, em entrevista à revista Sempre Materna resumiu o seu conceito onde afirma que é possível educar um filho desde a gestação formando sua personalidade. “Educamos os nossos filhos desde a gestação para que ele tenha a personalidade que consideramos ideal para um melhor bem-estar em sua vida e também para um bom futuro profissional.”

Conselhos para educar desde o ventre materno

Abreu aponta alguns dos conselhos que dá às mães com base em seus estudos de psicanálise. Confira:

Mantenha a calma

 “Na gestação é importante que a mãe mantenha-se calma e pratique exercícios para liberar hormônio do bem-estar e se alimente de acordo com o necessário para que o bebê tenha uma boa saúde. O ambiente externo reflete no ambiente interno do bebê, portanto, tudo o que acontece com a mãe, reflete no filho ainda na sua formação. Tudo isso deve ser feito com acompanhamento profissional e com conhecimento.”, explica.

Crie um bom ambiente doméstico

O ambiente em casa é importante para o desenvolvimento do bebê. São os traumas de desde o nascimento até os 5 anos de idade que mais refletem na fase adulta ao permanecerem no inconsciente, claro, podendo ser estabelecido em toda fase infantil, juvenil e adolescente nas devidas proporções. Continuar com a boa alimentação, criar um ambiente familiar em que o bebê receba atenção e distrações para o seu desenvolvimento.

Proporcione atividades

Devem ser criadas tarefas e usados brinquedos que desenvolvam não só a parte motora como a mental. Estes estímulos não devem ser exagerados, lembre-se que tudo na vida tem que ser mediante ao equilíbrio.

Disciplina é fundamental

A disciplina e a sua manutenção são tópicos que muitas vezes levantam dúvidas aos pais. O controle e a disciplina do bebê não se conseguem com gritos nem palmadas, isso não funciona e ainda pode causar transtornos na fase adulta. Utilize diferentes tons de voz para diferentes situações e use expressões faciais que definam o seu sentimento perante ao ato do bebê e da criança. Além do mais, há certas atitudes que devemos evitar tomar e outras que devem ser incentivadas no sentido de encontrar um equilíbrio.

Evite a exposição do seu filho

Nunca humilhe e nem critique o filho chamando-o de burro, fraco, estúpido ou com qualquer termo que designado ao preconceito porque isso trará transtornos de personalidade incuráveis na fase adulta. Dê elogios e parabenize quando for merecedor e o incentive pois o hormônio da satisfação é uma promoção para que sempre procure fazer o certo.

Ensine o valor da palavra

Não deixe de cumprir as promessas para que ele seja um adulto controlado. Não cometa injustiças sem a que a elas se siga um pedido de desculpas para não lidar com um adulto autoritário no futuro. Lembre-se que mais tarde seu filho poderá ou não cuidar de você dependendo da criação que receber.

Fonte: MF Press Global

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo