Canção Nova mantém programação da Semana Santa

Celebrações, palestras e momentos de oração acontecem sem a presença de público, com transmissão pelo Sistema Canção Nova de Comunicação e pelas redes sociais

Foto: Divulgação

A programação do Acampamento Semana Santa, na Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP), está mantida. A semana mais importante do ano para os católicos terá as celebrações tradicionais desse tempo, palestras, Adoração ao Santíssimo Sacramento e momentos de oração. Em decorrência das medidas de prevenção à pandemia, todo o evento ocorre sem público, com transmissão pelo Sistema Canção Nova de Comunicação e pelas redes sociais.

Os Ritos Litúrgicos acontecerão no Santuário do Pai das Misericórdias e têm início no Domingo de Ramos (05/04), com missa às 9h e 12h, e a bênção dos ramos. Uma das orientações da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é que os fiéis coloquem alguns ramos no portão ou na porta da casa.

A missa da “Ceia do Senhor”, na quinta-feira, às 20h, não terá o rito do lava-pés. Na Sexta-feira Santa (10/04), a “Celebração da Paixão de Cristo” acontece às 15h, quando se recorda a morte de Jesus. Este é o único dia do ano em que não há missa. Para a “Vigília Pascal”, no sábado, às 20h, permanece apenas a renovação das promessas batismais; não haverá a bênção do “fogo novo”. No Domingo de Páscoa, as missas serão às 7h30, 12h e 15h.

As palestras e os momentos de oração e Adoração ao Santíssimo Sacramento, também preparados para ajudar os fiéis na vivência dessa que é a “Semana Maior” para os cristãos, acontecem de quinta-feira à sábado, no decorrer do dia, com a participação de missionários da Comunidade Canção Nova e do professor Felipe Aquino.

“Hoje, somos convidados a acompanhar de casa as celebrações da Semana Santa. Que possamos reviver em família a Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, refletindo: o que precisa “morrer” na minha vida, na nossa vida de família, tudo aquilo que não contribui para o bem. Façamos uma experiência de perdão, de amor e também de alegria, porque Cristo ressuscitou e está vivo dentro dos nossos lares”, lembra o vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, padre Marcio Prado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo