Coronavírus e a busca por emprego: 5 dicas para quem quer entrar no mercado

Plataformas online, redes sociais e grupos são opções para o período

Em meio aos diversos grupos impactados pela pandemia do coronavírus no país, há um em particular que se viu ainda mais prejudicado diante do avanço da doença: o de desempregados.

Atualmente, existem no Brasil 11,6 milhões de pessoas sem emprego no Brasil. Gisele Maiara, de 28 anos, é uma delas. Sem trabalho há um mês, a administradora de empresas teme pelo tempo que levará para conseguir uma nova recolocação. “Como a recomendação é para evitar aglomerações, penso que será mais difícil conseguir um novo emprego. Não sei o que vou fazer neste momento”, afirma. “Os colaboradores já estão de home office e acho difícil as empresas realizarem novas entrevistas e contratações nas próximas semanas”, acrescenta.

Para auxiliar pessoas que, assim como Gisele, estão em busca de recolocação profissional, Larissa Ruza, coordenadora de marketing de recrutamento da Connekt, plataforma inteligente de recrutamento digital, separou cinco dicas práticas. Confira:

1 – Por mais clichê que possa soar, é preciso lembrar: não se desespere. O desespero faz com que não encontremos saídas, transforma qualquer caminho em labirinto. Mesmo sendo difícil, tente racionalizar a situação e transformar a sua ansiedade em ação.

2 – O período de quarentena é um ótimo período para criar ou reforçar rede de contatos profissionais. Notifique que está em busca de um emprego aos mais próximos, em suas redes sociais e grupos de Whatsapp. Sabe aquele amigo que trabalha em uma empresa legal? Ligue para ele! Participe de comunidades virtuais com interesses relacionados à sua área de atuação e compartilhe conhecimentos. Conecte-se, comente e se faça visível!

3 – Ainda falando sobre o universo digital, entenda que ele pode ser um grande aliado nesse momento. As melhores e maiores empresas estão inseridas nas redes sociais e divulgam suas vagas em sites e plataformas de emprego. Portanto, vá à caça! Se torne um pesquisador, busque por oportunidades relacionadas ao seu objetivo de carreira e inscreva-se nas oportunidades que fizerem mais sentido para você.

4 – Se inscreveu e não sabe qual o próximo passo? Busque por canais que permitam fazer um processo seletivo digital! Hoje, inúmeras plataformas possibilitam que você faça entrevistas e testes aí da sua casa, de forma muito mais fácil, com seu próprio celular. As áreas de RH continuam a avaliar candidatos e quem conseguir ” migrar” mais rápido para o digital, com certeza sairá na frente nesse período.

5 – Por fim, ajude quem mais precisa. Se conhece alguém que, assim como você, está em busca de uma nova chance, compartilhe oportunidades! Eduque as pessoas para utilizarem a internet de uma forma colaborativa e funcional nesse período.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo