O preço do seguro dos 10 SUVs mais vendidos do Brasil

Levantamento realizado pela Youse indica que o Nissan Kicks é o SUV com o menor valor de seguro, veja o ranking

Nissan Kicks possui o seguro mais barato entre os SUVs mais vendidos do Brasil (Foto: Divulgação)

Nissan Kicks possui o seguro mais barato entre os SUVs mais vendidos do Brasil (Foto: Divulgação)

Ter um SUV é um sonho de consumo para cada vez mais brasileiros, mas é importante não se esquecer dos valores que vão além do preço de compra do automóvel.

Em levantamento divulgado pela Youse, plataforma de venda de seguros online da Caixa Seguradora, o Nissan Kicks é considerado o carro com o valor mais barato de proteção: a partir de R$ 1.421,52 por ano.

Por outro lado, o Jeep Compass (que em 2019 foi o segundo SUV mais vendido do país) é o modelo com o valor mais elevado, ultrapassa em 2,5 vezes o valor do Nissan Kicks: custa a partir de R$ 3.582,72 por ano.

Jeep Compass (Foto: Divulgação)

Jeep Compass (Foto: Divulgação)

Vale lembrar que os preços de seguros variam com as particularidades de cada cliente. No caso do levantamento da Youse, foi considerado o perfil de um homem com 38 anos e morador da cidade de São Paulo.

Os valores foram calculados a partir da versão de entrada zero km, com as coberturas de roubo e furto, incêndio e assistência guincho. O contrato das apólices da Youse tem duração de dois anos.

Confira a lista completa a seguir:

1º – Jeep Compass: a partir de R$ 3.582,72 por ano
2º – Volkswagen T-Cross: a partir de R$ 3.215,76 por ano
3º – Honda HR-V: a partir de R$ 2.008,8 por ano
4º – Jeep Renegade: a partir de R$ 1.979,4 por ano
5º – Renault Captur:  a partir de R$ 1.661,76 por ano
6º – Hyundai Creta: a partir de R$ 1.598,76 por ano
7º – Ford Ecosport: a partir de R$ 1.584 por ano
8º – Citroën C4 Cactus: a partir de R$ 1.539,96 por ano
9º – Renault Duster: a partir de R$ 1.521,72 por ano
10º – Nissan Kicks: a partir de R$ 1.421,52 por ano

Um dos segmentos mais aquecidos do país (perdendo apenas para os hatches), os SUVs também encontram um mercado favorável para as seguradoras. Afinal, os donos de carros com valor mais elevado não dispensam a contratação de uma companhia especializada para a proteção de bens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo