Material elétrico em casa: como manter as crianças seguras

No post de hoje sobre material elétrico vamos falar dos perigos de expor as crianças a esse tipo de equipamento e como prevenir acidentes. Confira!

Foto: Divulgação

Ter crianças pequenas em casa é uma alegria, mas também requer que dobremos os cuidados com alguns detalhes – que podemos deixar de lado normalmente – mas que podem trazer muitos problemas, e um exemplo é o material elétrico. Pensando nisso, preparamos esse post com diversas dicas de como aumentar a segurança das crianças em casa e evitar acidentes. Continue lendo!

Material elétrico na sala 

Geralmente esse é o local da casa onde as crianças passam grande parte do tempo, talvez pelo conforto do sofá ao assistir desenhos na TV. E por ficarem no espaço por longos períodos, a possibilidade de acontecer algum tipo de acidente com um material elétrico é grande.

Você deve estar atento a alguns pontos, como por exemplo: 

  • Luminárias: Abajures ou luminárias podem cair se não estiverem bem presos à superfície dos móveis. Você pode optar por colocá-los em locais mais altos, e sempre se lembrar de cobrir as tomadas;
  • Cortinas: Os modelos com puxadores são bem perigosas, evite este tipo de cortina ou persiana;
  • TV: Sempre a posicione em locais mais altos e com suportes para que não caiam facilmente.

E sempre se lembre se deixar os fios elétricos enrolados e guardados, para que as crianças não tropecem ou acabem pegando para brincar.

Material elétrico na cozinha 

As crianças podem passar menos tempo na cozinha, mas isso não quer dizer que você não tenha que tomar alguns cuidados. Além dos objetos pontiagudos (facas e garfos), há alguns tipos de material elétrico, e a presença do fogão e eletrodomésticos que podem causar acidentes.

  • Microondas: Sempre fique atento para que as crianças não coloquem objetos, como brinquedos ou até outros aparelhos elétricos, e cause um acidente. Também verifique constantemente se os fios não estão com mau contato;
  • Água: Atenção dobrada aos equipamentos que ficam próximos à pia;
  • Instalação elétrica: Cuidado com as tomadas muito expostas e próximas a fontes de água.

Materiais elétricos no banheiro 

Este é um cômodo que, geralmente, é frequentado pelas crianças apenas com o acompanhamento dos pais. Mas, é sempre bom lembrar de alguns cuidados com os materiais elétricos presentes no ambiente, como:

  • Chuveiro: Mesmo que estejam instalados no alto, muitos modelos tem regulador de temperatura acoplados na parede e que podem ser alcançados pelas crianças. A mudança de temperatura quando feita muitas vezes durante o banho pode queimar o aparelho;
  • Instalação da ducha: Este é um modelo muito mais difícil de ser instalado, e por isso requer cuidado e materiais elétricos de qualidade;
  • Sensor de presença: É útil, pois o banheiro é um local que pode estar molhado com frequência e as crianças podem escorregar e se machucar na ausência de luz. Além de evitar esse tipo de acidente, os sensores economizam energia.
  • Deixe aparelhos elétricos longe do local: Secadores de cabelo, chapinha e outros equipamentos podem causar sérios acidentes quando manipulados molhados, mantenha-os longe do banheiro.

Material elétrico no quarto 

Independentemente da situação, se as crianças dormem acompanhadas ou sozinhas, todo cuidado é pouco! Nos quartos reforce as medidas de segurança com relação aos seguintes tópicos:

  • Iluminação: Assim como na sala, a presença de luminárias e abajures requer cuidados com a proteção das tomadas e interruptores;
  • Benjamim: Evite esse equipamento, ao ligar muitos aparelhos à ele a temperatura aumenta e pode colocar em risco os próprios aparelhos e também as crianças.

Dicas bônus 

Agora que já demos dicas específicas para cada cômodo da casa, vamos mostrar algumas medidas de segurança extras para que não ocorram acidentes. Veja só:

  • Utilize os fios adequados para a sua instalação elétrica e encape os fios soltos, para que não causem choques ou queimaduras;
  • Coloque grades nas escadas internas para evitar acidentes graves e use sensores de presença;
  • Utilize protetores de tomada.

E estas foram as nossas dicas sobre material elétrico de hoje! Esperamos que sejam úteis e que você possa colocar em prática agora mesmo. Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo