Tiroteio em casa noturna deixa 2 mortos e 2 feridos em Caxias do Sul (RS)

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul divulgou na manhã deste domingo (16), a informação de que policiais da corporação, lotados no município de Caxias do Sul, a 97 km de distância de Porto Alegre, capital do Estado, foram acionados para atender a uma ocorrência de tiroteio em uma casa noturna.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pela Assessoria de Comunicação da Brigada Militar, o incidente aconteceu na madrugada de hoje, por volta das 01h45min (horário de Brasília), em uma boate que fica localizada no Bairro Cinquentenário.

Foto: WhatsApp

Informações preliminares revelam que a confusão aconteceu quando os seguranças do estabelecimento proibiram a entrada de um frequentador, que revoltado, sacou uma arma e efetuou diversos disparos contra eles e contras as demais pessoas que estavam na porta esperando para entrar.

Houve pânico, e muitas pessoas saíram correndo em várias direções. O suspeito fugiu do local, deixando para trás as vítimas.

Equipes da Brigada Militar, do Corpo de Bombeiros e do Serviço Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas e enviadas para o local, que foi isolado.

Um dos seguranças, identificado como sendo L. B. B., de 38 anos, morreu no local, assim como um dos frequentadores, identificado como sendo M. J. M., de 22 anos.

Foto: WhatsApp

Os corpos destas duas vítimas fatais foram resgatados e levados para o Departamento Médico Legal (DML) de Caxias do Sul, onde serão realizados todos os exames de praxe.

Já os feridos, um segurança e um cliente, foram socorridos pelos bombeiros e paramédicos do Samu e levados para a UPA Central e para o Hospital Pompéia. O estado de saúde de todos é considerado estável.

Buscas foram realizadas na região, mas até o momento o suspeito não foi identificado, localizado e/ou preso.

A investigação ficou sob responsabilidade do delegado Adriano Linhares, que informou que as equipes já estão trabalhando no caso. Uma das prioridades é identificar e prender o suspeito.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Brigada Militar/RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo