Avião monomotor cai no interior de SP e piloto sobrevive ao acidente

Um avião de pequeno porte, tipo monomotor, caiu na manhã deste sábado (08) na zona rural do município de Itariri, a 96 km de distância da capital de São Paulo, deixando uma pessoa levemente ferida.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o acidente aéreo aconteceu por volta das 10h05min (horário de Brasília), quando o piloto fazia uma pulverização de defensivos agrícolas em plantações de banana (bananal) de uma fazenda.

Foto: Polícia Militar/SP – Divulgação

As causas do acidente ainda são desconhecidas, e já estão sendo apuradas pelas autoridades policiais competentes.

Funcionários da fazenda viram a aeronave cair e correram em direção ao local do acidente para socorrer o piloto. Ao chegarem, no entanto, eles encontraram o piloto do lado de fora da aeronave.

O piloto acionou as equipes de emergência, formadas pela Polícia Militar e pelo Corpo de Bombeiros, do próprio telefone celular. As mensagens enviadas pela vítima do aplicativo ajudaram as equipes de resgate a localizar o avião e o piloto, que não teve a identidade revelada.

Os bombeiros resgataram a vítima e a colocaram no Helicóptero Águia da Polícia Militar. Informações preliminares revelam que o piloto sofreu apenas escoriações pelo corpo, principalmente nos braços e pernas.

O avião decolou de uma pista localizada no Distrito de Ana Dias, em Itariri, próximo à Estrada da Banana. Cerca de 25 minutos depois, a torre de controle perdeu o contato com o piloto.

A empresa responsável pela aeronave entrou em contato com outros pilotos, mas nenhum sabia informar a localização da aeronave acidentada.

Equipes das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas e enviadas para a região.

O tenente Alexandre Costa, do Corpo de Bombeiros, informou que 20 militares da corporação participaram da operação de busca e salvamento.

Foi mobilizado, ao todo, mais de 20 bombeiros, entre também o efetivo da Polícia Militar e o Grupamento Aéreo de Praia Grande“, disse Alexandre Costa.

A Força Aérea Brasileira (FAB) foi informada sobre o acidente e acionou o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), que já enviou técnicos e investigadores para a região.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo