Filipe Toledo confirma presença no Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha

Surfista Top 4 do CT volta ao evento onde fez sua estreia no Circuito Mundial em 2009

Surfista Filipe Toledo em Ubatuba em 2020 – Foto: Gabriel Ferreira

Em 2009 ele estreava no Circuito Mundial de Surf justamente nesse evento, em Fernando de Noronha, então com apenas 13 anos. Foi, inclusive, o surfista mais jovem da história da competição a vencer uma bateria. Agora, em 2020, Filipe Toledo está de volta à Ilha para ser uma das grandes estrelas do Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest, que tem início na próxima terça-feira (11).

A etapa do WSL Qualifying Series (QS) status 5000 abre o calendário da América Latina na Praia da Cacimba do Padre, reunindo surfistas de 18 países e o atual top 4 do World Surf League Championship Tour (CT) chega para reviver seu início de trajetória, tentar repetir bons momentos que já teve e iniciar a temporada em ondas perfeitas. Desde de 2009 até hoje, foram só duas participações no evento na Ilha e Filipinho foi o 17º colocado na estreia e depois ficou em 25º lugar em 2012.

“Começar a o ano competindo em Noronha vai ser bem legal. É um lugar especial para mim, onde comecei a minha carreira no cenário mundial de surf e acho que vai ser um ótimo treino, se as ondas aparecerem. Pode ser uma ótima preparação para ondas tubulares e começar o ano bem no rip de competição”, comenta o surfista.

Surfista Filipe Toledo em Ubatuba em 2020 – Foto: Gabriel Ferreira

O foco de Filipe está no início do CT em março na Austrália, mas ele avisa que a vitória está nos planos. “Vou me divertir, em primeiro lugar de tudo. É um campeonato sem pressão para mim, então vou curtir, aproveitar, mas claro sempre vou buscar a vitória”, anuncia.

“Gosto muito da Cacimba, uma onda perto, tubular, boa para aéreo também. Então, de alguma forma, deve se encaixar no meu surf”, acrescenta o atleta, que nasceu em 1995, ano que seu pai, Ricardinho Toledo, venceu uma etapa do QS justamente na ilha de Fernando de Noronha e foi bicampeão brasileiro.

Para Filipinho, a melhor lembrança de Noronha é justamente a estreia no Circuito Mundial em 2009. “Passei algumas baterias, ganhei de alguns atletas de nível mundial e foi meu primeiro QS na verdade. É uma recordação que vai ficar para sempre”, conta o surfista, que está com 24 anos.

Além do excelente treino e de poder competir no Brasil, numa onda de qualidade, o atleta quer valorizar a participação da Oi, sua patrocinadora, como ‘naming right’ da etapa, desde o ano passado, quando voltou a ser realizada em Noronha, depois de sete anos de ausência na Ilha. “É muito legal poder fazer parte de um evento que o meu patrocinador está ajudando a realizar e poder representar da melhor forma”, diz.

Surfista Filipe Toledo competindo – Foto: Ed Sloane/WSL

“Tenho de agradecer a Oi por dar todo o suporte e fazer um campeonato lindo num lugar maravilhoso”, reforça Filipe, que também lembra sua história com a Hang Loose, marca que patrocina o Circuito Paulista de Base há 26 anos e onde começou a competir com apenas seis anos de idade.

Em 2019, Filipe Toledo disputou o título mundial até a etapa final, em Pipeline, no Havaí, terminando na quarta colocação do ranking. Ele já iniciou a pré-temporada, de olho na estreia na etapa da Gold Coast, Austrália, no final de março. “Estou indo com tudo, muito focado e espero que eu possa estar lá brigando mais uma vez”, falou o atleta, que atualmente mora em San Clemente, Califórnia/EUA e esteve em sua cidade natal para inaugurar a loja com seu nome, a Filipe Toledo Surf Store, na Praia Grande.

Além de Filipinho, o Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest terá outros atletas do CT, como Jadson André e Yago Dora, campeão e vice da etapa no ano passado, e Miguel Pupo, vencedor em 2012. O primeiro colocado no evento, que segue até domingo (16) receberá US$ 15 mil, de um total de US$ 100 mil de premiação.

O Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest é uma realização da World Surf League (WSL) com patrocínios da Oi e Elétron Energy, através da Lei de Incentivo ao Esporte, do Governo de Pernambuco, tendo como proponente o Instituto Incentiva, e da Hang Loose.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo