5 dicas para preparar sua rotina de estudos para 2020

Não ter uma rotina de estudos pode atrapalhar a preparação para os vestibulares; Professor Ferretto, maior influenciador de matemática da América Latina, lista dicas essenciais para obter um ótimo resultado nas provas

São Paulo (SP) – O ano começou, as férias acabaram e chegou a hora de iniciar os estudos para os vestibulares do meio e final de ano. É fundamental que os vestibulandos estejam focados e preparados para encararem as provas e ingressar no ensino superior. Porém, não são todos que têm facilidade em organizar seus planos de estudos e às vezes acabam se atrapalhando um pouco na hora de focar nesse objetivo.

O Professor Ferretto, maior influenciador de matemática da América Latina, explica que, para quem estuda em casa, criar um próprio cronograma de aulas torna-se mais fácil. “Não é preciso sair de casa para estudar, e ter à sua disposição diversos materiais e vasto conteúdo permite que o aluno se prepare com tranquilidade para os vestibulares”, explica.

Foto: Envato Elements

Mas, para os estudos terem resultados e o aluno alcançar o objetivo desejado, é preciso muita atenção na hora de montar o cronograma de estudos. Por conta disso, abaixo o professor lista dicas essenciais para quem quer estudar para os vestibulares e obter um ótimo resultado:

Organize-se e crie uma rotina de estudos

Para estudar, é fundamental que o estudante seja organizado e tenha disciplina. Para isso, é preciso que ele crie uma rotina de estudos e consiga equilibrá-la com outros compromissos e atividades, como o lazer, que também é essencial no dia a dia.

“Trace um cronograma, faça planos, definindo as tarefas de maneira específica, com data e horas de estudo marcadas para cumpri-las, e siga esse plano à risca. Para criar esse prazo, o aluno pode levar em consideração as matérias que tem mais e menos dificuldade em aprender. Acredito muito que, quando colocamos um prazo certo para determinada atividade, nossa produtividade aumenta”, explica o professor Ferretto.

Analise as condições do ambiente de estudo

O ambiente é um fator muito importante na hora de estudar. Tudo ao redor impacta na concentração do aluno e, consequentemente, no rendimento. O básico para conseguir alcançar um bom momento de estudo, que te faça obter resultados, é estar em um local tranquilo, que tenha uma estrutura adequada e boa iluminação. Encontrar um local que o estudante não fique sofrendo interferências a todo momento também é importante para que ele tenha mais foco na hora de estudar.

“Deve-se procurar um lugar reservado e combinar com seus familiares ou outras pessoas que frequentem o mesmo ambiente, para que evitem interrupções durante o horário de estudo. Além disso, nada de estudar com a TV ligada, música ao fundo, celular com o som alto e com mensagens apitando a todo instante, ou qualquer outro fator que irá tirar a sua concentração”, alerta.

Tenha foco e saiba o que cairá nas provas

Para uma rotina de estudos dar certo, além de um bom cronograma, é necessário ter muito foco e concentrar-se especificamente naquilo em que estiver revisando. O que pode ajudar neste momento é anotar tudo, estar com os materiais necessários e fazer resumos e exercícios práticos enquanto estuda

“O aluno deve se empenhar e, se for preciso, gravar a matéria no celular. Além disso, é preciso deixar outras preocupações, planos e pensamentos para outro momento”, aconselha.

Além disso, os editais dos vestibulares são um bom recurso para saber o que vai cair na prova. “Minha dica é: leia sempre o edital de um vestibular. Lá você saberá, literalmente, tudo o que vai cair na prova e, assim, poderá se preparar devidamente para o exame, estudando de maneira assertiva e efetiva”, comenta o professor.

Acompanhe seu rendimento

Se você estuda em casa e sozinho, é preciso ter bastante atenção no que você realmente está conseguindo absorver do conteúdo e o que ainda está com dificuldade. É de extrema importância acompanhar o próprio rendimento, pois de nada adianta passar horas e horas estudando, se não conseguir absorver de forma correta o aprendizado procurado.

“É preciso progredir enquanto estuda. Do contrário, estará perdendo tempo. Reveja o conteúdo, refaça os exercícios se for necessário, leia muito e pesquise sobre o assunto, aplicando também na prática o que aprendeu na teoria. E procure verificar sempre sua evolução”, ensina o professor Ferretto.

Planeje uma recompensa

Além de todas as dicas anteriores, o professor Ferretto ainda dá mais uma ideia, válida como um “bônus” para o estudante: segundo ele, recompensar a si mesmo por cada objetivo atingido nos estudos pode ser um poderoso motivador. Às vezes pode parecer cansativo estudar tanto, mas se você conseguir se dar uma recompensa, por mais simples que seja ela, é algo que pode mudar tudo.

“Pequenas recompensas como terminar os estudos 15 minutos antes ou mesmo uma checada rápida nas redes sociais – fatores que costumam atrapalhar os estudos – podem se tornar uma motivação para que você siga em frente e alcance seu objetivo”, finaliza.

Sobre o Professor Ferreto: é o maior influenciador de matemática do Brasil, com mais de 2 milhões de inscritos no Youtube. O canal proporciona a milhares de estudantes a oportunidade de aprender e se desenvolver na matemática, desde o nível básico até a matemática do ensino superior. O acesso aos conteúdos do canal é gratuito, e também há cursos que podem ser adquiridos no site. Em seu blog, o professor também dá dicas para entender a matemática de forma prática e sem complicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo