Avião cai na Austrália e deixa 3 mortos

Um avião modelo C-130 Hércules, que combatia incêndios florestais na Austrália, caiu na manhã desta quinta-feira (23) em uma região montanhosa, causando a morte dos três tripulantes. As causas do acidente aéreo ainda são oficialmente desconhecidas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, o acidente aéreo aconteceu em uma área denominada ‘Snowy Monaro, no Estado de New South Wales, no Sudeste do país.

Avião C-130 Hercules, do mesmo modelo que caiu na manhã desta quinta-feira (23) no Sudeste da Austrália — Foto: David Gray/Reuters

O chefe dos Serviços de Bombeiros Rurais, Shane Fitzsimmons, disse em entrevista coletiva, que equipes de resgate foram mobilizadas e enviadas para o local do acidente. Aparentemente não há sobreviventes, tendo a aeronave explodido ao colidir com o solo.

“Tragicamente, parece não haver sobreviventes como resultado do acidente na área de Snowy Monaro. A aeronave impactou fortemente o solo e os relatos iniciais são de que houve uma grande bola de fogo em seguida. Não há nenhuma indicação, nesta fase, do que causou o acidente, disse Shane Fitzsimmons.

Um porta-voz da Autoridade de Segurança da Aviação Civil da Austrália disse que o avião decolou normalmente de um aeroporto, não tendo o piloto relatado nenhum tipo de problema técnico.

Em seguida, a aeronave entrou em um vale para lançar um líquido usado no combate às chamas, sendo que o piloto não conseguiu mais ganhar altitude, tendo o aparelho começado a cair.

Shane Fitzsimmons informou ainda, que a aeronave foi alugada pela Empresa Coulson Aviation, especializada em combates a incêndios. A mesma empresa já havia alugado um outro avião modelo C-130 Hércules, que continua em operação no combate aos incêndios florestais na Austrália.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo