Multinacional sul-americana estreia no circuito brasileiro de feiras agro

Agricomseeds inicia “tour” nos eventos tradicionais marcando presença no Showtec (Maracaju, MS) e no Show Rural Coopavel (Cascavel, PR).

Visitação ao campo de demonstração da AgricomSeeds, em Leme, SP (Foto: Ariosto Mesquita)

Depois de participações pontuais em 2019, a multinacional sul-americana AgricomSeeds estreia em 2020 no circuito brasileiro de feiras agrotecnológicas. Com sede em Santa Cruz de La Sierra (Bolívia), a empresa conta com a parceria da Latina Sementes, subsidiária para a comercialização nos mercados brasileiro e paraguaio. A maratona prevê um verdadeiro “tour” pelas principais regiões de destaque na agricultura e pecuária durante todo o primeiro semestre do ano.

A trajetória foi iniciada por feiras regionais como o Dia de Campo C-Vale em Palotina, PR (07 a 09.01), Dia de Campo Copagril, em Marechal Cândido Rondon, PR (15 e 16.01) e Dinetec, em Canarana, MT (15 a 17.01).

Na sequência, o roteiro inclui eventos considerados mais tradicionais, como o Showtec, em Maracaju, MS (22 a 24.01), o Show Rural Coopavel, em Cascavel, PR (03 a 07.02), e o Agrobrasília, em Brasília, DF (12 a 16.05). A marca Agricomseeds também já confirmou presença na Agrishow 2020, em Ribeirão Preto, SP (27.04 a 01.05) considerada a maior e mais importante vitrine do agro brasileiro e na Expozebu, em Uberaba, MG (25.04 a 03.05).

Em seus estandes, a empresa apresentará todas as suas tecnologias desenvolvidas por melhoramento genético (a AgricomSeeds não trabalha com organismos geneticamente modificados – transgênicos) ao longo de 15 anos e hoje multiplicadas em aproximadamente 1.100 hectares na Bolívia. Estas sementes (variedades de milho e sorgo) passaram a ser comercializadas no Brasil recentemente (há pouco mais de dois anos).

Visitação ao campo de demonstração da AgricomSeeds, em Leme, SP (Foto: Ariosto Mesquita)

No interior de São Paulo (município de Leme), funciona um Campo de Demonstração e Pesquisa com as principais variedades já lançadas e híbridos ainda em estudo. A empresa está presente hoje em todos os países da América do Sul e também na África (Angola e Quênia), além de desenvolver parcerias em genética na China e nos Estados Unidos.

Entre os principais destaques do seu portfólio estão o sorgo forrageiro Agri 002E (conhecido com o sorgo gigante boliviano) e a tecnologia Leadgrain, que permite até duplicar o número de linhas de grãos em uma espiga de milho. Todos os produtos são focados para obter o máximo de resultados dentro de um contexto agropecuário tropical.

De acordo com Jean Landivar, diretor da empresa na Bolívia, a genética tem de se adaptar a uma realidade de aquecimento global. “Este é o grande desafio das atividades produtivas rurais nos trópicos”, observa. Ele cita como exemplo, o desempenho do milho em diferentes ambientes, como no Brasil, onde a produtividade dificilmente ultrapassa a casa de seis toneladas (t) por hectare (ha) enquanto a Argentina registra em torno de 8 t/ha e os EUA atingem perto de 11 t/ha.

Confira a agenda já confirmada no roteiro da AgricomSeeds

Showtec 2020 (Maracaju, MS) – 22 a 24.01

Itaipu Rural Show (Pinhalzinho, SC) – 29.01 a 01.02

Show Rural Coopavel (Cascavel, PR) – 03 a 07.02

Dia de Campo de Culturas de Verão –CAMP (Prudentópolis, PR) – 07.02

Showtec Fundação ABC (Ponta Gross, PR) – 19 e 20.02

Femec (Uberlândia, MG) – 24 a 27.03

Expozebu (Uberaba, MG) – 25.04 a 03.05

Agrishow (Ribeirão Preto, SP) – 27.04 a 01.05

Fenasoja (Santa Maria, RS) – 01 a 10.05

Agrobrasília (Brasília, DF) – 12 A 16.05

Superleite (Pompeu, MG) – 21 a 24.07

Feacoop (Bebedouro, SP) – 27 a 30.07

Berimbau Agro Tec (Conceição do Jacuípe, BA – data a confirmar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo