Tentativa de assalto a banco deixa 2 mortos em Campo Grande (MS)

Ao todo, sete pessoas foram presas na ação policial.

Um túnel com cerca de 60 metros foi descoberto no fim da noite deste sábado (21) na Região do Bairro Monte Castelo, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Esse túnel ligava um galpão ao cofre da Central do Banco do Brasil.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o túnel foi localizado pela Polícia Civil, que estava investigando uma quadrilha especializada em assaltos a bancos.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Assim que os policiais civis e militares chegaram ao galpão, houve uma intensa troca de tiros, tendo dois suspeitos sido mortos e sete presos. Três pessoas ficaram feridas na ação policial. Moradores próximos ficaram assustados e evitaram sair de suas casas.

Nas imagens feitas pela Polícia Civil no túnel, é possível ver ventiladores e centenas de sacos de terra, que foram retiradas do local e foram estocadas.

Segundo uma fonte policial, que preferiu não se identificar, o túnel começou a ser feito há cerca de seis meses e já estava próximo da agência bancária, que permanece fechada.

Em nota, a Assessoria de Imprensa do Banco do Brasil em Mato Grosso do Sul disse que somente irá se posicionar sobre o assunto após se inteirar sobre o caso.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

A investigação deste caso está sob a responsabilidade dos delegados Fábio Peró e João Paulo Sartori, do Grupo de Repressão a Roubos, Assaltos e Sequestros (Garras), que irão conceder nesta segunda-feira (23), uma entrevista coletiva para falar sobre o assunto.

A prioridade do Garras é fechar definitivamente o túnel aberto pelos criminosos, e que pode desabar a qualquer momento por causa da forte chuva que cai na capital sul-mato-grossense.

Nós estamos estudando a forma de fazer isso, uma vez que por conta das chuvas que caem na cidade há risco de desabamento, disse o delegado Fábio Peró.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo