Morre em Campo Grande (MS) o ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca

Ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca – Foto: Arquivo Pessoal

O ex-prefeito de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, e ex-senador, Juvêncio César da Fonseca, de 84 anos, morreu na madrugada deste sábado (14), por volta das 02h35min (horário de MS), em decorrência de uma ostemomelite, ou seja, de infecção nos ossos causados por bactérias ou fungos.

Juvêncio César da Fonseca estava internado no Proncor, no Bairro Chácara Cachoeira, tendo sua morte sido confirmada pela esposa, Suely Brandão. A assessoria do hospital não divulgou boletim médico.

O ex-prefeito de Campo Grande já apresentava sinais da doença havia 11 anos e, desde então, apresentava problemas de saúde frequentemente. Há cerca de dois meses ele foi internado por causa de uma infecção, que se manifestou juntamente com apnéia. Segundo a esposa, neste período ele apresentou quadros de melhora e de piora.

O velório do ex-prefeito Juvêncio César da Fonseca começou por volta das 08 horas (horário de MS) de hoje, e o sepultamento aconteceu as 15 horas (horário de MS), no Cemitério Parque das Primaveras.

Juvêncio César da Fonseca nasceu em 21 de setembro de 1935, em Campo Grande, em Mato Grosso. Formou-se em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, tendo atuado na Defensoria Pública.

Em 1980 foi secretário Estadual de Educação, na gestão do ex-governador de Mato Grosso do Sul, Marcelo Miranda. Em 1983, elegeu-se vereador em Campo Grande.

Já em 1985, candidatou-se à Prefeitura de Campo Grande, tendo sido eleito para o primeiro mandato. Elegeu-se prefeito novamente em duas ocasiões (1986 a 1988) e (1993 a 1996). Três anos depois, elegeu-se senador, cargo que ocupou até 2007. Posteriormente, atuou como assessor do então governador André Puccinelli.

Durante sua carreira política esteve filiado ao PMDB (atual MDB), PDT, PFL (atual Democratas) e PSDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo