Vulcão entra em erupção na Nova Zelândia e deixa 5 mortos

O Vulcão Whakaari, localizado na Ilha Branca, na Costa Leste da Nova Zelândia, entrou em erupção na manhã desta segunda-feira (9), causando a morte de cinco pessoas e deixando outras 17 feridas. Até o momento 10 pessoas permanecem desaparecidas e mais de 20 foram resgatadas com vida.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, a Ilha Branca é um centro turístico, visitado por muitos estrangeiros. No momento da erupção havia 20 pessoas na região.

Testemunhas disseram que o vulcão lançou rochas, cinzas e muita fumaça, pegando a todos de surpresa. Houve pânico entre os turistas, que correram em direção aos barcos e iates, na esperança de deixar a região o mais breve possível.

O Vulcão Whakaari, na Ilha Branca, na Costa Leste da Nova Zelândia, entrou em erupção nesta segunda-feira (09), causando a morte de cinco pessoas – Foto: George Novak / New Zealand Herald / via AP Photo

Entres os turistas que estavam na Ilha Branca ou próximo dela havia passageiros do Navio de Cruzeiro Ovation of The Seas. A embarcação deixou o local rapidamente e seguiu para a cidade costeira de Tauranga.

Um casal de brasileiros que atualmente reside na Austrália, contou que estava na região do vulcão, mas que deixou a área 10 minutos antes da erupção.

Várias embarcações utilizadas em excursões e pesqueiros foram utilizados no trabalho de resgate das vítimas. A operação, no entanto, teve que ser interrompida.

O chefe de polícia da Nova Zelândia, John Tims, disse em entrevista coletiva que, por causa do alto risco, todos os serviços de emergência e de resgate não estão tendo acesso à Ilha Branca, onde fica localizado o Vulcão Whakaari.

Turistas deixam a Ilha Branca, na Zova Zelândia, após a erupção do Vulcão Whakaari – Foto: Allessandro Kauffmann/WhatsApp/Reprodução

Todos os meios de comunicação com a ilha foram interrompidos e, segundo as autoridades locais, ainda existem pessoas na região. Desde o início da erupção que não há mais comunicação com ninguém na ilha.

Os feridos, alguns com queimaduras grave, foram levados para hospitais na cidade de Whakatane. Os corpos das vítimas fatais, que foram resgatados, foram trazidos para o necrotério do mesmo hospital.

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, já chegou a região. Já a Agência Nacional de Emergência emitiu alertas para possíveis novas erupções e atividades sísmicas.

Até o momento não há informações sobre aeroportos fechados e nem sobre voos cancelados.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo