MARCO completa 28 anos com bazar, cantata de natal e lançamento do novo site

Campo Grande (MS) – O Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul, o MARCO, unidade da Fundação de Cultura do Estado, completa 28 anos da sua criação nesse mês de dezembro e comemora a data promovendo na próxima sexta-feira (13), das 14 às 21 horas, com entrada franca, o Bazar do MARCO expondo e comercializando produtos de artistas regionais, a Cantata de Natal com a apresentação do Coral Mokiti Okada, às 19 horas, além da divulgação do site oficial da instituição.

Bazar – Será composto por artistas e artesãs. A premiada ceramista e pintora Irani Brun Bucker participará com bonecas cerâmicas que expressam a liberdade criativa propiciada pelo barro, buscando uma linguagem estética expressiva do humor, ironia e religiosidade da artista. Também estará disponível para o público acessórios confeccionados pela artista.

Produtos feitos em couro, da artista plástica Fran Zamora – Foto: Divulgação

Fran Zamora da Chroma que produz acessórios com couro de consumo consciente, desenvolvendo designs universais para aplicação nos cortes em couro para uma criatividade extensa e uma gama de produtos únicos e diferentes, como relógios, carteiras, pochetes, bolsas, cordão de óculos, chapéus e outros acessórios funcionais e autênticos.

O Eco Design estará representado por Sandra Padilha, que atua há mais de 10 anos na produção de acessórios sustentáveis, apostando no desenvolvimento de peças ricas em propósito e que possuem objetivo de comunicar as pessoas, mensagens de sustentabilidade e comércio justo. Ela produz peças limitadas que abraçam o movimento slow e ainda aplica na marca o conceito upcycling, fazendo reaproveitamento de madeira, tecido, malhas e couro em sua produção que é totalmente artesanal.

Ossos do Pantanal da artista Sônia Correa desenvolve uma poética profundamente conectada as questões do campo, da terra, do pantanal. Os anos vividos na fazenda, suas preocupações com a natureza, os horizontes, bem como a extinção dos animais se veem refletidos dramaticamente no suporte de preferência: Fragmentos Ósseos. O resultado é um trabalho forte, refinado e extremamente sensível às questões contemporâneas. Além dos trabalhos em ossos, a artista disponibilizará também trabalhos em cerâmica.

Calendário Permanente de Antonia Hanemann – Foto: Divulgação

Antonia Hanemann é formada em Educação Artística, licenciatura plena, e Artes Visuais, bacharelado, a artista apaixonou-se pelo papel machê, como a artista não dispunha de dinheiro para comprar material artístico, recolhia no lixo o que precisava para a arte em papel machê, como papéis velhos, jornais, plásticos, madeira. Depois de coletados os materiais, a mente e as mãos da artista davam ao papel as cores, formatos e ideias que perpassam sua vida. A artista participara com o Calendário Permanente que é composto por 31 gravuras, uma para cada dia do mês e com uma poesia diária. Um toque lúdico para imprimir leveza. As técnicas também variam; aquarela, lápis de cor, colagem e caneta hidrográfica. Dessa forma, uma surpresa sempre colorida com pensamentos que traduzem todo o efeito gráfico. A peça é uma ótima opção para presentear.

A poetisa e escritora Mara Calvis participará com livros paradidáticos infanto-juvenis que contam diversas aventuras de personagens, cidades e cultura de Mato Grosso do Sul, além de questões ambientais. Mara é licenciada em Geografia pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Especialista em Docência em Educação Ambiental para Cidadania e Sustentabilidade pela Estácio de Sá. Mestra em Educação Profissional pela UEMS. Prestou serviços como Educadora Ambiental nos Centros de Educação Ambiental e foi membro do Fórum Municipal Lixo e Cidadania de Campo Grande.

Família Ana Jordão com seu trabalho artesanal – Foto: Divulgação

A Família Ana Jordão surgiu através do trabalho artesanal que envolvia o núcleo familiar, com o tempo os filhos cresceram, se formaram em várias áreas e criaram uma linha especial há 20 anos. As carinhas da família Ana Jordão percorreram o mundo levando o sorriso no rosto, que é a marca da família.

Atualmente, depois de constantes mudanças a família continua o trabalho que se estendeu ao teatro, figurino, cenário, contação de história, bordados, iluminação de teatro, escrita e ilustração de livros.

A artista Lúcia Monte Serrat Bueno apresentará trabalhos de arte aplicada em aquarela em bolsas, papéis e porta-copos. Cristilaine Ferreira participará com deliciosas trufas de chocolate recheadas com castanha, amendoim e cereja e a dona Alexandra com os saborosos biscoitos artesanais “Q Delicia” feitos com nata e maisena nos sabores variados em coco e leite ninho.

Coral Mokiti Okada – Foto: Divulgação

Coral Mokiti Okada pertence a Fundação Mokiti Okada, ligada a Igreja Messiânica Mundial do Brasil. Está em atividade desde 1993 na cidade de Campo Grande. Objetiva trabalhar na prática o crescimento da espiritualidade humana através do contato com a música, criando um ambiente de harmonia e proporcionando escuta crítica, técnica vocal e contato com repertório variado. O Coral Mokiti Okada desenvolve um repertório abrangente que vai do folclórico brasileiro, passando pelas músicas populares, eruditas e sacras.

Site: Com o novo site www.marco.ms.gov.br passa a ser oficial e seguir o padrão estadual da plataforma on-line, disponibilizando informações úteis para a sociedade e importantes para o segmento de Artes Visuais no Mato Grosso do Sul, além de facilitar serviços como o agendamento das Visitas Mediadas.

“O MARCO comemora 28 anos de existência com muitas atividades, estamos com lindas exposições abertas ao público, temos uma biblioteca especializada em Artes Visuais, nossa reserva técnica com mais de 1600 obras catalogadas, recebemos diariamente escolas públicas e particulares para visitação mediada. Além das nossas mídias sociais, agora com o novo site a população terá um canal de comunicação a mais para saber de tudo que acontece no museu, além do histórico das exposições de anos anteriores para pesquisa”, explica a coordenadora do museu, Lúcia Monte Serrat.

“Em comemoração a tudo isso, faremos essa grande festa de aniversário na sexta-feira, com muita música e artesanato, por isso convidamos a população a participar desse grande evento cultural”, conta empolgada Serrat.

Serviço: A entrada é franca e o Marco está localizado na Rua Antônio Maria Coelho, 6000 no Parque das Nações Indígenas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3326-7449.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo