Loteadora devolve resíduo financeiro a clientes

Somente em novembro mais de 22 clientes foram beneficiados

Ao sabermos de casos como este, nossas esperanças se renovam, e podemos acreditar que ainda existem empresas e pessoas de bem. Essa é a história da Hedge Loteamentos, sediada em Mato Grosso do Sul, e que está devolvendo dinheiro aos seus clientes.

Como a empresa trabalha com financiamento próprio em prol de seus clientes, e como estes prazos são longos, podem ocorrer casos em que o cliente paga a mais do que o previsto em contrato.

Foto: Divulgação

Segundo um dos diretores da Hedge Loteamentos, Rubens Filinto da Silva, esse saldo acontece por diversos motivos. “Muitas vezes o cliente não presta atenção e paga um mesmo boleto duas vezes, ou ainda paga sem o desconto de pontualidade que oferecemos”, explica.

Já de acordo com André Becker, gerente de controladoria, “existem casos onde o cliente pagou o contrato todo em dia, sem atrasos, e aí a empresa oferece uma bonificação contratual, e eles ganham a gratuidade da última parcela”.

Ao final do contrato de cada terreno é feito uma conferência para averiguar se há algum resíduo financeiro, tanto por parte da empresa, quanto por parte do cliente. Quando há um saldo positivo, a quantia é devolvida ao cliente, pois existem clientes que mesmo sem saber acabam pagando a menos, e nestes casos existe um saldo a pagar ao final também.

Sempre fizemos estas devoluções, mas este mês o volume chamou atenção, e 22 clientes receberam dinheiro de volta, explica Melodie Bagetti, coordenadora do jurídico da empresa. “Eles ficam surpresos quando entramos em contato dizendo que existem um valor a receber”.

Foto: Divulgação

Uma das beneficiadas foi a professora aposentada Maria Aparecida da Conceição que ficou extremamente satisfeita com a postura da empresa. “Fiquei bastante surpresa e feliz, nunca tinha recebido dinheiro de volta, geralmente é sempre a gente que precisa quitar algo. Isso só mostra a honestidade da empresa que valoriza o cliente”, destacou.

O assistente de logística, Guilherme Bezerra Antero da Silva também foi beneficiado, ele adquiriu um lote no Loteamento Riviera Park em 2008 e na quitação recebeu a notícia que teria dinheiro a receber. “Foi surpreendente, realmente não esperava essa atitude da empresa que valoriza a pontualidade no pagamento por parte dos clientes. Foi tão inesperado que ainda não tenho planos para esse dinheiro extra perto do fim do ano. Além do bom negócio que fiz, pois, meu imóvel valorizou nesse período, ainda tive essa surpresa. É bom fazer negócios com gente honesta”, conta Guilherme.

“Para nós da Hedge, é uma obrigação moral devolver este saldo aos nossos clientes. Ética e relacionamentos sólidos fazem parte dos nossos valores. Não priorizamos apenas a venda, mas também o pós-venda.”, pontua Rubens Filinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo