Caballo Loco sai na frente em decisão apertada na Classe C30

Barco de Ubatuba venceu duas regatas em Ilhabela e lidera quarta e última etapa da Copa Suzuki; campeão de 2019 será conhecido no próximo fim de semana

Flotilha da C30 em Ilhabela (Aline Bassi / Balaio de Ideias)

São Paulo (SP) –  A tripulação do Caballo Loco soube aproveitar as rajadas do vento sul acima de 20 nós, cerca de 40 km/h, no sábado, para vencer a regata até a Ilha de Toque-Toque. No domingo, com a intensidade do vento reduzida, o barco de Ubatuba obteve mais uma vitória no Canal de São Sebastião. O Circuito Ilhabela de Vela Oceânica – Copa Suzuki definirá o campeão da temporada no próximo fim de semana (30/11 e 1º/12).

Na regata de sábado, Caballo Loco foi seguido por eCycle +Realizado, Kaikias Maserati e Caiçara. No domingo, Kaikias Maserati chegou em segundo lugar, à frente de Caiçara e eCycle +Realizado. A etapa está equilibrada, uma característica da competitiva Classe C30. Apenas dois pontos separam segundo, terceiro e quarto colocados.

O comandante do Caballo Loco, Mauro Dottori, elogiou o trabalho da tripulação. “Na regata de sábado largamos em frente ao Yacht Club de Ilhabela e seguimos próximos ao continente no contravento. O Caballo largou muito bem e lideramos quase toda a regata. Apenas o 02 (+Realizado) nos passou perto de Toque-Toque, mas em seguida recuperamos a ponta. Disparamos quando subimos o balão, atingindo 17 nós de velocidade. Cruzamos a linha de chagada em primeiro, antes de Rudá e Zorro (ambos da Classe IRC)”, enfatizou Dottori.

Caiçara no contravento (Aline Bassi / Balaio de Ideias)

No domingo, o vento sul só entrou às 14h, após uma tentativa de largada abortada. O Caballo Loco conquistou outra vitória de ponta a ponta. “Foi uma regata inusitada porque o vento rondou de sul para nordeste, mas felizmente a Comissão de Regatas conseguiu salvar o dia. Fomos e voltamos de contravento. Foi um excelente fim de semana para o Caballo”, comemorou Dottori.

As demais classes em disputa na Copa Suzuki, têm os seguintes líderes: Ginga (HPE 25) Rudá IRC, Zeus (RGS) e Vendetta (Clássicos). No próximo fim de semana, em meio às regatas decisivas haverá a tradicional canoa de cerveja, feijoada e show da Banda Tom Cats, no sábado. Após as regatas de domingo será entregue a premiação aos vencedores do Circuito Ilhabela de Vela Oceânica de 2019.

4ª Etapa Copa Suzuki – duas regatas 

1 – Caballo Loco (01) – Mauro Dottori:  1+1 = 2 pontos perdidos

2 – Kaikias Maserati (03) – Eduardo Mangabeira: 3+2 = 5 pp

3 – eCycle +Realizado (02) José Luis Apud: 2+4 = 6 pp

4 – Caiçara (09) – Pablo Lynn: 4+3 = 7 pp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo