Olimpíadas mostram quem são os melhores nas manobras de ônibus e carretas

Jogos trazem também provas sociais, de conhecimentos sobre transporte e liderança

Cabo de guerra, passa ou repassa, corrida com cones e bastões, com mudança de direção e diferentes alturas e manobras de ônibus e carreta. Esses e outros desafios fazem parte do projeto Transporte em Ação Sest/Senat, que realiza, no dia 24 de novembro, a partir das 8 horas, no Sest Senat, as Olimpíadas do Transporte, um evento exclusivo para trabalhadores do segmento.

Para esses jogos participam apenas trabalhadores do transporte, homens e mulheres, que tenham carteira de habilitação D e E. Os competidores se organizam em equipes de entre 10 a 15 participantes, sendo que cada empresa poderá inscrever apenas uma equipe.

Uma das etapas mais esperadas é a prova de manobras de ônibus e carreta. Nela, cada equipe deverá escalar um competidor, que será avaliado de acordo com a execução de manobras propostas em um período de cinco minutos, sejam elas executadas em carreta ou ônibus.

Além desta prova, durante as Olimpíadas acontecerão outras cinco provas:

Arrecadação de alimentos: nesta prova, as equipes devem arrecadar alimentos não-perecíveis. Para cada dez quilos de alimentos, a equipe ganhará um ponto, sendo limitada a pontuação a no máximo dez pontos. A arrecadação será destinada ao Centro de Apoio e Orientação à Criança Lar Vovó Miloca e Asilo São João Bosco.

Cabo de guerra: a tradicional competição deve ter duas equipes disputando com seis competidores por equipe.

Passa ou repassa: os competidores devem responder a uma bateria de perguntas relacionadas ao setor do transporte, legislação de trânsito,direção defensiva e outros assuntos afins.

Conectados: nesta prova, os competidores devem correr um circuito com cones e bastões, com mudança de direção e diferentes alturas. A prova é feita em trio, na qual os competidores devem perceber “conectados” por alguma parte do corpo durante toda a prova. O objetivo é completar todo o circuito sem de “desconectar” e nem deixar o objeto cair.

Comandando sua equipe: uma prova de liderança e comportamento, na qual os competidores são orientados por um líder durante toda a corrida de balões.

Para cada uma dessas provas, as equipes ganham pontuações. Os vencedores com mais pontos ganharão troféus e medalhas. Durante as Olimpíadas do Transporte serão ainda realizados sorteios de brindes.

Os interessados em participar devem se inscrever por meio de uma ficha devidamente preenchida e assinada pelo responsável da empresa em que trabalha. Além disso é necessário estar com cadastro atualizado junto ao sistema Sest/Senat.

Sest/ Senat

O Serviço Social do Transporte (Sest) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) são entidades civis sem fins lucrativos criadas com o objetivo de valorizar os trabalhadores do setor de transporte. O objetivo das entidades é desenvolver e disseminar a cultura de transporte, promovendo a melhoria da qualidade de vida e do desempenho profissional do trabalhador, bem como a formação e a qualificação de novos profissionais para eficiência e eficácia dos serviços a serem prestados à sociedade.

Na área social, o Sest Senat é responsável por gerenciar, desenvolver e apoiar programas que prezam pelo bem-estar do trabalhador em áreas como saúde, cultura, lazer e segurança no trabalho. Na área educacional, o foco se volta a programas de aprendizagem, que incluem preparação, treinamento, aperfeiçoamento e formação profissional.

Serviço:

Olimpíadas do Transporte

Onde: Sest Senat

Quando: 24 de novembro, 8 horas

Poderão participar apenas profissionais do transporte que obedeçam aos requisitos para inscrição.

Fonte: Sato Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo