Hinove Agrociência inaugura fábrica de fertilizantes no Mato Grosso do Sul

Unidade está localizada em Rio Brilhante (MS) e tem potencial para produzir 800 mil toneladas de fertilizantes por ano, entre sólidos e líquidos

Imagem aérea fábrica – Foto: Eureka Filmes

A nova fábrica de fertilizantes da HINOVE AGROCIÊNCIA, que está sendo inaugurada neste sábado (16), no município de Rio Brilhante, no Mato Grosso do Sul, ocupa uma área total de 100 mil m2 e demandou investimentos da ordem de R$ 25 milhões. A instalação tem capacidade anual para produzir 400 mil toneladas de fertilizantes líquidos e outras 400 mil toneladas de fertilizantes sólidos.

Grande parte da produção da nova unidade se destina às culturas da cana de açúcar, soja, milho, pastagens, reflorestamento e hortifruti e terão como mercado potencial um raio superior a 250 quilômetros no entorno da unidade fabril. Com a entrada em operação da nova unidade, em Rio Brilhante, a HINOVE reforça sua posição como uma das mais inovadoras indústrias do segmento de fertilizantes, oferecendo uma linha de compostos que beira a uma centena de formulações, garantindo soluções de alta tecnologia para o produtor agrícola brasileiro.

A nova fábrica se junta a uma considerável estrutura produtiva e comercial da HINOVE que inclui, além da sede administrativa, localizada em Araraquara, interior paulista, uma unidade produtiva em Registro-SP, parcerias em diversas minas de fosfato em São Paulo e Mato Grosso do Sul, subsidiárias na Bolívia e Paraguai, assim como outras parcerias.

Paralelamente às parcerias no campo industrial, a HINOVE também consolidou uma série de acordos com destacadas instituições acadêmicas para a realização de diversas pesquisas, visando se manter sempre na vanguarda das mais modernas técnicas de desenvolvimento de novos fertilizantes. Entre esses parceiros estão: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), Instituto Agronômico de Campinas (IAC), USP – São Carlos, UNESP – Universidade Estadual Paulista – Campus de Jaboticabal e Nutrição de Plantas Ciência e Tecnologia Ltda (NPCT).

Fachada da fábrica – Foto: Eureka Filmes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo