Dodge Challenger apreendido em ação contra o tráfico vira viatura da Polícia Rodoviária Federal no Paraná

Confiscado em 2017, esportivo de 377 cv será usado pela PRF em Foz do Iguaçu, na fronteira com o Paraguai

Polícia Rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

Polícia Rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

A partir de segunda-feira (4/11), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Paraná vai passar a usar como viatura um Dodge Challenger R/T.

O modelo foi apreendido em uma operação contra o tráfico internacional de drogas, realizada em abril de 2017 no Paraná. O carro, caracterizado com as cores e emblemas da polícia em Curitiba, será utilizado em Foz do Iguaçu, na região da fronteira com o Paraguai.

De acordo com a Polícia Federal, o Challenger estava guardado há mais de dois anos em um pátio de Cascavel. O esportivo foi fabricado em 2010, nos Estados Unidos e é avaliado em R$ 245 mil. O motor é um 5.7 V8 Hemi de 377 cv de potência e 55,4 kgfm de torque, enquanto o câmbio é automático de seis marchas. O zero a 100 km/h é cumprido em 5,5 segundos.

A sonoridade do V8 é tamanha que talvez nem seja necessário acionar a sirene para as pessoas darem passagem para o veloz cupê.

Polícia rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

Polícia rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

O Dodge Challenger R/T já tem a sua primeira missão definida: a nova viatura será utilizada durante um encontro entre ministros de Justiça e Segurança dos países do Mercosul, que acontece em Foz do Iguaçu.

Polícia rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

Polícia rodoviária do Paraná irá usar Dodge Challenger (Foto: Divulgação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo