Terremoto de 6,6 graus na Escala Richter atinge as Filipinas e deixa 5 mortos

Até o momento são 70 feridos e 15 desaparecidos.

Um forte terremoto de magnitude de 6,6 graus na Escala Richter atingiu na madrugada desta terça-feira (29) o Sul das Filipinas, causando a morte de pelo menos cinco pessoas e deixando outras 70 feridas. O número oficial de desaparecidos até o momento é de 15 pessoas.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, o terremoto afetou consideravelmente a estrutura de casas, prédios, edifícios, escolas, estabelecimentos comerciais e pontes. Algumas residências desabaram.

Um forte terremoto atingiu nesta terça-feira (29) as Filipinas causando um rastro de destruição e mortes. A imagem mostra um prédio em Magsaysay, que ficou danificado pelo terremoto. — Foto: Anthony Allada/AFP

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS – sigla em inglês) informou que o terremoto aconteceu por volta das 22 horas (horário de Brasília), tendo o epicentro ocorrido a 15,3 km de profundidade, a cerca de 100 km de distância da cidade de Davao, na Ilha de Mindanao, com cerca de 1,6 milhão de habitantes.

Uma das vítimas fatais é um adolescente de 15 anos, que morreu atingindo pela parede de uma escola, que desabou parcialmente. Outra vítima fatal é um idoso de 66 anos, que morreu soterrado sob os escombros de sua casa, que desmoronou totalmente.

Também morreram no terremoto, uma mulher grávida de 23 anos em Tulunan, e um homem que morreu abraçado com o filho, em Arakan.

O terremoto obrigou crianças e professores a ficarem do lado de fora de uma escola, destruída pelo terremoto desta terça-feira (29) em Tulunan, nas Filipinas. — Foto: Handout / Chyna Nicole Via / AFP

Na cidade de Davao, várias escolas e prédios públicos ficaram danificados. A prefeita da cidade, Sara Duterte-Carpio, determinou o cancelamento imediato de todas as aulas em escolas públicas e privadas.

Esse é o segundo terremoto intenso a atingir Mindanao em duas semanas. No dia 16 de outubro, um terremoto de 6,3 graus na Escala Richter atingiu a mesma região, causando a morte de sete pessoas e deixando outras 200 feridas.

As ilhas que formam o Arquipélago das Filipinas ficam localizadas em uma região propensa a tremores, conhecida como ‘Anel de Fogo do Pacífico’. Trata-se de uma zona com grande atividade sísmica e vulcânica, que registra milhares de tremores por ano, a maioria de baixa intensidade.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo