Sala em Homenagem ao Saudoso Professor Arassuay Gomes de Castro será inaugurada na Academia Sul-Mato-Grossense de Letras

Na ocasião a ASL celebrará também 48 anos de fundação

Acontecerá na quinta-feira 31, a partir das 19h30min, por ocasião do “Chá Acadêmico” da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, a inauguração da Sala em homenagem ao saudoso Prof. Arassuay Gomes de Castro, nas dependências da instituição, que possui sua moderna sede situada na Rua 14 de Julho nº 4653 – Altos do São Francisco, Campo Grande, e que também comemorará 48 anos de fundação. A homenagem foi aprovada pela atual diretoria da ASL, que tem como presidente o escritor Henrique Alberto de Medeiros Filho.

Prof. Arassuay Gomes de Castro, saudoso membro da ASL – Foto: Arquivo de família

O evento terá início com uma palestra do poeta e repentista Ruberval Cunha, que explanará sobre o tema: “Encontros para a poesia – um depoimento literário” e, em interação com o público, ilustrará tudo com o seu conhecido “Improviso Guaicuru”. Haverá na abertura uma pauta artística especialmente elaborada com números de declamação e de música ao vivo. E, ao final, com a presença de acadêmicos, familiares, e convidados em geral, o ato solene de inauguração da “Sala Prof. Arassuay Gomes de Castro”.

Autor de várias obras, o Professor Arassuay (1926, Cuiabá-MT – 2005, Campo Grande-MS) foi membro efetivo, titular da Cadeira 24 da ASL, e assumiu a presidência da Casa de Letras. Educador exemplar, lecionou Latim, Português e Literatura Luso-brasileira no Colégio Estadual de Campo Grande, no Colégio Osvaldo Cruz e no Ginásio Barão do Rio Branco, onde foi diretor. Era graduado em línguas neolatinas pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (Lorena/SP). No ano de 1951 veio residir em Campo Grande, onde em 1956 casou-se com Maria José Carvalho, com quem teve três filhos: Jair (médico); Jary, engenheiro civil, foi presidente do CREA-MS (de 2009 a 2014); e Flávio, servidor público federal. No ano de 2007, foi criada uma Escola Municipal que o homenageia: a EM Professor Arassuay Gomes de Castro, situada na Rua São Vicente de Paula, bairro Manoel da Costa Lima, em Campo Grande-MS.

O também hoje saudoso Prof. Hildebrando Campestrini, que foi membro e secretário-geral da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, e que apresentou a última obra publicada com textos de Arassuay Gomes de Castro: “Escritos”, pelo IHGMS, em 2011, afirmou: “De sólida formação clássica, Arassuay foi essencialmente professor. E assim desejava ser chamado, mesmo em misteres estranhos ao magistério: professor castro, que era exemplo de humildade, gostava de repartir o que sabia, com paciência e perseverança”. Já o escritor Rubenio Marcelo, atual secretário-geral da ASL, assim afirmou sobre Arassuay: Conheci-o de perto no ano de 2002, quando fui eleito para a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e, lá, o encontrei: acadêmico vibrante, assíduo, participativo e já trazendo a experiência de ter ocupado a presidência da nossa Casa de Ulisses. Com o confrade Arassuay convivi na lida acadêmica até o ano de 2005, quando ele foi chamado para ocupar morada no Oriente Eterno”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo