UNIASSELVI reforça a importância do curso de Design de Interiores

Foto: Divulgação

Apesar de relativamente novo, no Brasil, o Design de Interiores já é bastante promissor e oferece boas oportunidades em diversos segmentos. A lei que reconhece a profissão foi sancionada em dezembro de 2016 e, desde então, foram estabelecidas suas competências e funções. A valorização dessa área é cada vez maior, uma vez que o mercado, aquecido, busca por profissionais com visão técnica, sustentável e funcional, com capacidade para desenvolver projetos inovadores e diferenciados. Boas referências e criatividade são atributos que não podem faltar nesse profissional.

Ao contrário do que se pensa, a atividade do designer de interiores vai muito além da decoração de ambientes ou da estética. O profissional de design de interiores é aquele que cria e desenvolve projetos de espaços internos, considerando fatores estéticos, econômicos, técnicos e socioculturais. Cada projeto está inteiramente ligado a um conceito, pensado para oferecer segurança, conforto, qualidade de vida e acessibilidade aos usuários.

Em 2019, a UNIASSELVI lançou o curso superior de tecnologia em Design de Interiores, com duração de 5 semestres, na modalidade a distância. A grade curricular do curso é completa, incluindo disciplinas como Representação Gráfica 3D, Projeto de Interiores, Ergonomia e Desenho de Móveis, Paisagismo, Desenho Auxiliado por Computador e Arquitetura. Além disso, o aluno também conta com aulas sobre Gestão de Pessoas, abordando conceitos de valorização das pessoas no ambiente organizacional; Planejamento Estratégico, auxiliando na definição de objetivos e estratégias empresariais; e Economia, adquirindo noções necessárias para administrar o orçamento de seus clientes.

Ao cursar Design de Interiores na UNIASSELVI, o profissional torna-se apto para atuar nas mais diversas áreas, como em escritórios de engenharia civil, estúdios de arquitetura ou design; em construtoras; na indústria de móveis; na prestação de serviços de consultoria; e até como empreendedor.

“O designer de interiores trabalha, todos os dias, com espaços e pessoas diferentes. De certa forma, ao criar e executar um projeto, acaba transformando não só espaços, mas vidas. Um designer de interiores precisa ser criativo e inovador, curioso e comunicativo. Mas, acima de tudo, deve pensar no bem-estar das pessoas que ocuparão o espaço. É uma carreira apaixonante”, complementa a coordenadora do curso, Caroline Hadlich.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo