Melo e Kubot são campeões do ATP 250 de Winston-Salem, 33º conquista de Marcelo na carreira

Dupla comemorou o primeiro título da temporada 2019 nesta sexta-feira (23), com ótimas atuações ao longo de todo o torneio, e agora segue para o US Open, que começa na segunda-feira (26) em Nova Iorque

São Paulo (SP) – Um dia de muita comemoração para Marcelo Melo e Lukasz Kubot no ATP 250 de Winston-Salem. Jogando muito bem desde o início do torneio, os cabeças de chave número 1 confirmaram seu favoritismo e conquistaram nesta sexta-feira (23) o primeiro título da temporada 2019 no Wake Forest Tennis Complex, na Carolina do Norte (EUA). Melo e Kubot derrotaram os norte-americanos Nicholas Monroe e Tennys Sandgren por 2 sets a 1, parciais de 6/7 (6-8), 6/1 e 10-3, em 1h28min.

Este é o 33º título da carreira do mineiro Marcelo, recordista brasileiro, o 13º ao lado de Kubot. Em ATP 250, tem agora 15 conquistas, três com o parceiro polonês. Com o resultado, a parceria sobe para o terceiro lugar na Corrida para Londres, com 3.265 pontos.

Dupla feliz com o primeiro título de 2019 (Divulgação)

Uma sexta-feira, aliás, de duas vitórias: antes da decisão, Melo e Kubot disputaram a semifinal, adiada de quinta (22) em função das chuvas, passando pelos britânicos Jamie Murray e Neal Skupski e chegando à final sem perder nenhum set. Agora, seguem com muita confiança para o US Open, Grand Slam que começa nesta segunda-feira (26), em Nova Iorque (EUA). No ano passado, foram vice-campeões.

“Jogamos bem desde o começo. Tivemos duas chances de quebra no primeiro set, mas eles jogaram muito bem e aproveitaram uma oportunidade no tie-break. A chuva acabou nos ajudando muito. Voltamos com muita energia. Conseguimos jogar 100%: não deixamos escapar nenhuma chance, fomos agressivos e isso que culminou no nosso título. Estamos muito felizes e agora vamos com força total no US Open. Fizemos um plano bem feito de vir jogar aqui e chegar lá muito bem preparados”, analisou Marcelo, patrocinado por Centauro, BMG, Itambé e Taroii, com apoio da Volvo, Orfeu Cafés Especiais, VOSS e Confederação Brasileira de Tênis.

O jogo – Um primeiro set bastante equilibrado deu início à final em Winston-Salem. As duas duplas mantiveram seus serviços e Monroe e Sandgren acabaram salvando as chances de quebra que Melo e Kubot tiveram no quinto e no sétimo games. Assim, a decisão foi para o tie-break. Monroe e Sandgren abriram 5-1, Melo e Kubot reagiram, empataram em 6-6, mas os adversários acabaram vencendo por 8-6.

Premiação da dupla (Divulgação)

No segundo set, a dupla cabeça de chave número 1 buscou reação e conseguiu a quebra no quarto game, 3 a 1, marcando em seguida 4-1. Nesse momento, o jogo parou, em função das chuvas. No retorno, não deram qualquer chance aos adversários. Com mais um break fizeram 5/1, fechando em 6/1 e empatando o jogo. No match tie-break, mantiveram o mesmo ritmo e confiança, abrindo 5-0, dominaram totalmente e venceram por 10-3 para comemorar o primeiro título de 2019.

Gira em quadra dura até o US Open – O ATP 250 de Winston-Salem foi o quarto e último torneio de Melo e Kubot antes do US Open, quarto Grand Slam do ano. A dupla competiu também no ATP 500 de Washington (EUA) – em que chegou até a semifinal -, no Masters 1000 de Montreal, no Canadá – parando na primeira rodada – e no Masters 1000 de Cincinnati (EUA) – indo até as quartas de final. No ranking mundial individual de duplas, Melo é o quinto colocado. Kubot aparece em quarto.

Trinta e duas vitórias em 2019 – O mineiro Marcelo Melo, 35 anos, e o polonês Lukasz Kubot, 37 anos, estão jogando juntos desde o início da temporada 2017. Antes, formaram parceria em torneios como o ATP de Viena, onde foram campeões em 2015 e 2016. Na temporada 2019, conquistaram 32 vitórias, quatro no Masters 1000 de Indian Wells, com o vice-campeonato, três no Masters 1000 de Miami, duas no Masters 1000 de Monte Carlo, uma em Barcelona, duas em Madri, três em Roma, duas em Roland Garros, uma em s-Hertogenbosch, três em Halle (com o vice), três em Wimbledon, duas em Washington, duas em Cincinnati e quatro com o título em Winston-Salem.

Comemoração pelo título (Divulgação)

Principais conquistas na carreira – Entre os 33 títulos de Marcelo Melo na carreira, todos em duplas, dois são Grand Slam – Roland Garros, na França (2015) e Wimbledon, em Londres (2017) e nove Masters 1000, além de sete ATP 500 e 15 ATP 250. Em 2019, pelo 13º ano consecutivo comemora ao menos um título por temporada. E, neste ano, atingiu mais um recorde, ao somar 500 vitórias, maior vencedor entre os tenistas do país, passando a ser o 35º jogador de todos os tempos a atingir essa marca.

O primeiro título em torneios ATP foi em 2007, no Estoril, em Portugal. Tem dois Grand Slam, além de um vice em Londres (2013) e um vice (2018) e duas semifinais no US Open. Marcelo também lidera no número de títulos em Masters 1000. Em Xangai 2018 chegou ao nono, depois de ganhar Xangai (2013 e 2015), Paris (2015 e 2017), Toronto (2016), Cincinnati (2016), Miami (2017) e Madri (2017).

Temporada 2019

Título

ATP 250 – Winston-Salem (EUA), rápida

Vice-campeonato 

Masters 1000 – Indian Wells (EUA), rápida

ATP 500 – Halle (Alemanha), grama

Mais informações:

Site:  www.melomarcelo.com

Fanpage:  facebook.com/marcelomelo83

Instagram: @marcelomelo83

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo