Inundações atinge Bangladesh, Índia e Nepal e deixam mais de 100 mortos

As fortes inundações provocadas pelas tempestades estão atingindo deste segunda-feira (15) várias regiões da Ásia e já causaram danos a infraestrutura de países como Índia, Nepal e Bangladesh. As autoridades locais informaram que o número de mortos é de aproximadamente 100 vítimas e existem 4 milhões de desabrigados.

De acordo com informações das principais agências internacionais de notícias, os países vêm sofrendo com as fortes chuvas de monções, que tem provocado deslizamentos de terra, desabamentos de prédios e inundações e alagamentos de estabelecimentos comerciais e casas nos três países.

Imagem mostra homem caminhando em local inundando em Kathmandu, no Nepal. — Foto: Navesh Chitrakar/Reuters

Na Índia, os mais afetados estão sendo os moradores mais humildes das cidades de Bihar e Assam. As autoridades locais estão distribuindo água potável, alimentos e cobertores as vítimas.

No Nordeste do país, que é uma região predominante agrícola, a inundação provocou a destruição de várias lavouras. Na região existem cerca de 4,3 milhões de desabrigados.

Grande parte do Parque Nacional de Kaziranga, onde vivem os rinocerontes de um chifre, está totalmente inundado. Funcionários estão tentando retiram alguns animais.

Equipes de resgate trabalham no local em que um prédio caiu em Kumarhatti, em Nova Délhi, na Índia, depois das fortes chuvas que atingiram o país. — Foto: STR / AFP

Várias fazendas onde são cultivadas as plantas que fornecem os chás aromáticos também estão inundadas. Produtores estão revoltados.

O ministro-chefe de Assam, Sarbananda Sonowal, disse em entrevista coletiva que a questão das inundações se tornou crítica no país e que as autoridades estão trabalhando para controlar a situação, principalmente nas regiões agrícolas.

A questão das inundações tornou-se muito crítica, com 31 dos 32 distritos afetados. Estamos trabalhando em pé de guerra para lidar com a situação das enchentes“, Sarbananda Sonowal.

Homem carrega alguns pertences em meio às inundações que atingiram Kathmandu, no Nepal. — Foto: Navesh Chitrakar/Reuters

Na cidade de Bihar, rodovias e ferrovias foram alagadas e imagens divulgadas pelas emissoras de TV local mostram pessoas atravessando com a água marrom na cintura. Elas carregam alguns pertences que foram retirados de suas casas.

No Nepal, 64 pessoas morreram em decorrência das enchentes e 31 encontram-se desparecidas. O Estado possui infraestrutura deficitária e um histórico de inundações anuais, principalmente na Região Norte, na Fronteira com a Índia.

Segundo as autoridades nepalesas, um terço das cidades foram atingidos por chuvas fortes de muitas das mortes ocorridas no país foram causadas por deslizamentos que atingiram casas e estabelecimentos comerciais.

Casas foram alagadas em Kurigram, em Bangladesh. — Foto: Stringer/Reuters

Já em Bangladesh, as inundações forçaram as autoridades a retirarem cerca de 190 mil pessoas de suas respectivas casas, segundo informações das autoridades locais.

No distrito de Cox’s Bazar foi montado um abrigo para 700 mil refugiados que fugiram da violência em Mianmar. Ao todo, 100 mil pessoas estão desalojadas.

As enchentes no Sul da Ásia têm provocado o deslocamento em massa de milhares tem pessoas, além de ter causado a morte de dezenas de outras. O número de mortos e de danos da atual temporada de tempestades e monções, que está apenas começando, devem aumentar nas próximas semanas.

Mais de 100 pessoas morreram em decorrência das enchentes que atingiram a Índia, o Nepal e Bangladesh – Foto: Reuters

Com informações das Agências Reuters e France Presse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo