Marcelo Fernandes realiza concerto de violão clássico hoje na Capital

(Evento aberto programado pela Academia Sul-Mato-Grossense de Letras)

Acontecerá hoje (26), a partir das 19h30min, no moderno auditório da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, um concerto com o violonista Marcelo Fernandes, que incluiu neste especial evento obras diversificadas que vão do tradicional ao contemporâneo. Autores universais consagrados pela tradição do violão clássico, como Bach, Regondi, Dilermando Reis e Villa-Lobos integram o programa, que também apresenta parcerias com autores regionais, como Rubenio Marcelo e Fernando D’andreia.

Cinco concisos blocos musicais estão contidos na programação do recital, sendo assim intitulados: o violão urbano e saudoso; o violão caboclo; o violão onírico e fantástico; o violão sacro; e o violão modernista. Como bem afirma o artista, “este concerto trará uma incomum abordagem do repertório violonístico com sugestivas facetas, complementadas por interpretações vocais da soprano Ana Lúcia Gaborim e de D’andreia”.

Foto: Divulgação

Para o evento, que conta com apoio da UFMS, a ASL elaborou inicialmente uma interação intimista do artista Marcelo Fernandes com o público, quando ele falará acerca do tema “O Violão Clássico e sua Poética”, e em seguida a realização do seleto concerto de violão solo e participações especiais. A pauta faz parte do tradicional “Chá Acadêmico da ASL” que a Casa de Letras realiza todos os meses na sua sede à Rua 14 de Julho nº 4653 – Altos do São Francisco, com entrada franca.

Doutor em música e um dos principais nomes do violão atual, Marcelo Fernandes integra o quadro docente da UFMS e é Pró-reitor de Extensão, Cultura e Esporte. Vencedor de vários concursos de interpretação instrumental, há anos empreende carreira internacional, realizando recitais e masterclasses em instituições musicais nos Estados Unidos, Espanha, França, Suíça, Portugal, Colômbia, Chile, Bélgica e Alemanha, tendo feito a estreia europeia da obra integral para violão de Camargo Guarnieri. Em 2009, integrou projeto nacional com uma turnê de 86 recitais em vinte estados brasileiros, juntamente com o violonista Henrique Annes.

“Marcelo Fernandes se há manifestado em todos sus trabajos como um guitarrista de excepción por sus excelentes condiciones e su capacidad artística”, assim afirmou o saudoso violonista e professor Abel Carlevaro, mestre com quem Marcelo estudou no Uruguai. Por sua vez, o maestro Eduardo Martinelli (MS) asseverou: “Marcelo é um músico no sentido pleno da palavra, possui as diferentes e necessárias inteligências para ser um grande instrumentista…”. Já o poeta/compositor e crítico cultural Rubenio Marcelo disse: “Eivado de virtuosismo, Marcelo Fernandes exercita a arte violonística com refinamento e celebra a expressão musical em sua plenitude, quer nos ambientes acadêmicos, quer nos palcos populares, quer nas eruditas salas do Brasil e do mundo”.

Para o presidente da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, escritor e publicitário Henrique de Medeiros, esta participação de Marcelo Fernandes faz parte da literatura e sua pluralidade cultural na integração com as outras artes, que é um dos objetivos da atual diretoria. A ASL registra ao longo da sua existência (47 anos) uma história voltada para a defesa da arte literária, incentivando todas as vertentes artísticas e derivações da cultura nacional e estadual. Sempre aberto e sem fins lucrativos, o evento ‘Chá Acadêmico’ integra o rol de programas culturais da entidade, apresentando um convidado de destaque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo