Uma das principais atrações da Capital, Torre da TVE ganha “novo endereço”

Documento assinado pela Secretaria de Estado de Administração permitirá agilidade na formalização de convênios para a TVE Cultura, Educativa 104.7 e Portal da Educativa

Torre da TVE Cultura em Campo Grande (MS) – Foto: Fertel/Divulgação

Reconhecida como um dos mais interessantes pontos de visitação de Campo Grande, graças a uma das maiores torres de alvenaria da América Latina, a Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), onde estão instaladas as emissoras públicas de Mato Grosso do Sul –Educativa 104.7 FM e TVE Cultura, além do Portal da Educativa –. passa a ter seu próprio endereço.

Termo de cessão de uso nesse sentido foi assinado na terça-feira (18) entre o diretor-presidente da instituição, Bosco Martins, e o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, desmembrando a área do Palácio das Comunicações de forma a permitir o reconhecimento de um endereço próprio para a fundação.

Desde que foi transferida em 1989 para a atual localização, as correspondências destinadas à Fertel eram encaminhas ao endereço “avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, s/n (sem número), CEP 79.037-100”. Agora, as emissoras estatais passarão a contar com um endereço fixo, no número 710 da referida avenida.

Torre da TVE Cultura em Campo Grande (MS) – Foto: Fertel/Divulgação

A medida se fez necessária para que a Fertel possa firmar convênios e acordos envolvendo sua infraestrutura de forma mais independente. Isso porque toda a estrutura administrativa do Parque dos Poderes pertencente à administração estadual, hoje, é reconhecida sob uma única matrícula imobiliária.

“Isso gera alguns entraves burocráticos para a formalização de termos de cooperação e outros acordos que podem beneficiar a Fertel e a população como um todo, por meio da melhor prestação de serviços. Fizemos o mapeamento e identificamos a área delimitada para o Palácio das Comunicações, que passa a ter um endereço próprio e, desta forma, ganha mais autonomia para encaminhar seus projetos”, explicou Hashioka. “Um processo simples, mas extremamente importante para a comunicação pública”.

Bosco, por sua vez, apontou que a falta de um logradouro específico para a Fertel criava alguns embaraços junto a outros órgãos públicos, com potencial de atrasar cronogramas de trabalho. “Era mais um embaraço de documentação que tomava tempo e prejudicava entendimentos com outras instituições, como no caso da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) em relação à nossa antena de transmissão”, afirmou. A medida conferirá à Fertel matrícula própria para o imóvel localizado na avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes.

Assinatura do Acordo entre a SAD e a Fertel – Foto: Humberto Marques

A medida foi tomada para viabilizar a formalização de convênios entre a Fertel, Assembleia Legislativa e o Senado Federal, no qual o Legislativo sul-mato-grossense receberá antenas e transmissores da TV Senado que vão permitir a abertura do sinal digital da TV Assembleia em Campo Grande. A estrutura será instalada na torre que, atualmente, atende à TVE Cultura e a Educativa 104.7 FM.

“Já contamos com uma importante parceria com a TV Assembleia quanto ao compartilhamento da programação e, agora, ajudaremos o Canal do Legislativo a distribuir sua produção própria, incluindo sessões plenárias e de comissões, para conhecimento de toda a população. Isso não é simplesmente apoio na divulgação de informações, mas no fortalecimento da democracia e da participação popular do qual temos orgulho em poder participar”, pontuou Bosco.

Participaram da reunião para formalização do acordo o superintendente de Patrimônio e Transporte da SAD, José Alberto Furlan, e o diretor administrativo da Fertel, Jucimar Ruiz.

Assinatura do Acordo entre a SAD e a Fertel – Foto: Humberto Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo