Não sabote a sua entrevista de emprego

O processo seletivo é composto por várias etapas, que vão desde o recrutamento até a contratação. A entrevista costuma causar ansiedade e nervosismo. Se o entrevistado não tiver controle emocional, pode colocar tudo a perder no intuito de se destacar. Por isso, é importante estar atento para não cometer erros e sabotar a si mesmo na fase inicial do processo seletivo.

A entrevista seletiva é o primeiro contato do candidato com a empresa. É uma oportunidade única para o candidato expor seus valores, seu comportamento, apresentação e habilidades, além do nível de conhecimento técnico e, por fim, avaliar se tudo isso está alinhado com a filosofia da empresa.

Confira algumas dicas para se dar bem na avaliação:

Não se atrase

Como todo comportamento será avaliado, é fundamental ter cuidado com o horário agendado e, para evitar atrasos, caso não conheça o endereço, certificar um dia antes sobre a localização exata. Atraso causa impressão de desorganização e falta de comprometimento.

Seja discreto

Falar mal do gestor ou do emprego anterior é sinal de falta de ética. A ação pode causar uma impressão negativa ou ser mal interpretada. Procure ser reservado também sobre sua vida pessoal. Lembre-se que essa relação não é de amizade, o foco é a carreira e as competências. Somente se o entrevistador perguntar sobre o assunto, deve ser respondido de forma objetiva. 

Mantenha-se desconectado

A atitude de atender o celular no momento da entrevista demonstra descaso e falta de foco. Nenhuma mensagem ou ligação deve ser mais importante do que aquele momento para sua carreira profissional. Melhor mantê-lo desligado.

Busque o equilíbrio

O excesso de “autoestima”, no afã de fazer um bom marketing pessoal, pode gerar a falsa impressão de arrogância ou soberba. Ter confiança no potencial é excelente, porém quando ultrapassa o limite, demonstra necessidade de autoafirmação, insegurança e falta de adequação.

Procure ser mais formal

Nossa língua mátria é língua mátria em qualquer lugar do país. Usar gírias, não pronunciar as palavras corretamente, não fazer as concordâncias e utilizar um tom de voz muito elevado ou muito baixo, dificulta o processo de comunicação e ameaça o entendimento.

Controle a ansiedade

Numa entrevista seletiva, o recrutador espera encontrar um profissional dedicado que acredita que pode construir uma boa parceria com a empresa. Ficar preocupado com quanto vai ganhar antes da entrevista terminar demonstra que o interesse é apenas financeiro e não de desenvolvimento de carreira.

Posicione-se

Atitude passiva durante a entrevista pode significar que não está demonstrando interesse pela vaga. Em alguns momentos o entrevistador dá a palavra ao candidato, quando isso acontece é a grande oportunidade de se tornar o protagonista da entrevista, demonstrando interesse.

* Monica R. Wanderley é psicóloga, especialista em RH, coach e professora dos cursos de Psicologia e Administração da Uniderp

*********

*********

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo