Acidente aéreo deixa 2 mortos em Campo Grande (MS)

Foto: WhatsApp/Reprodução

Um avião de pequeno porte caiu na manhã desta quarta-feira (15) próximo ao Aeroporto de Santa Maria, Região Leste de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, causando a morte de duas pessoas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pela Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), os dois ocupantes, o médico e sua esposa, estavam a caminho de sua propriedade rural, uma fazenda localizada no Pantanal Sul-Mato-Grossense.

Testemunhas disseram que o mau tempo e a pouca visibilidade podem ter contribuído para o acidente, e que o médico, que pilotava a aeronave, tentou fazer várias manobras, e que na terceira teria perdido o controle, fazendo o avião cair.

O impacto fez com que o avião explodisse e se incendiasse. As chamas se alastraram pela vegetação.

Equipes das Polícias Civil e Militar e do Corpo de Bombeiros foram acionadas e enviadas para o local, que foi isolado. Os bombeiros controlaram e apagaram as chamas no avião e na mata.

Os corpos das duas vítimas fatais foram encontrados carbonizados e foram encaminhados para o Instituto Médico e Odontológico Legal (IMOL), onde serão examinados.

Segundo informações de uma testemunha, que preferiu não se identificar, o médico é proprietário do avião e de três fazendas na Região do Pantanal. Ele e a esposa estavam seguindo em direção a uma das propriedades, tendo decolado do Hangar 206 do Aeroporto de Santa Maria.

Ainda de acordo com a testemunha, o piloto decolou e tentou retornar, tendo feito duas voltas. Ao tentar fazer a terceira volta, perdeu o controle da aeronave e caiu.

Além das equipes das Polícias Civil e Militar, também foram acionadas equipes da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco).

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que no momento do acidente havia muito nevoeiro na região, e que a visibilidade no local era quase zero.

O local onde a aeronave caiu é de mata fechada, e difícil acesso. Os bombeiros seguiram em viatura até um determinado ponto, tendo seguido a pé depois.

A aeronave ficou totalmente destruída e os corpos carbonizados.

As causas do acidente ainda são oficialmente desconhecidas, mas já estão sendo apuradas pelas autoridades competentes.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo