Explosão em fábrica deixa 6 pessoas feridas em Juazeiro do Norte (CE)

A polícia afirma que a fábrica de fogos de artifício era clandestina, ou seja, não tinha autorização para funcionar.

A Polícia Militar do Ceará divulgou na tarde desta quinta-feira (02), a informação de que policiais da corporação, juntamente com militares do Corpo de Bombeiros, lotados no município de Juazeiro do Norte, a 500 km de distância de Fortaleza, capital do Estado, foram acionados para atender a uma ocorrência de explosão em uma fábrica de fogos de artifício.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), a explosão aconteceu em uma fábrica clandestina localizada no Bairro Frei Damião, na Região do Cariri do Ceará, e deixou pelo menos seis pessoas feridas, das quais uma em estado grave.

Explosão em fábrica clandestina de fogos de artifício deixa 6 pessoas feridas em Juazeiro do Norte (CE). – Foto: Antônio Rodrigues/SVM

Equipes das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram acionadas e enviadas para o local, que foi isolado. Toda a área próxima foi completamente isolada e as vias pública de acesso interditadas.

Ao menos três residências que ficam localizadas nas proximidades da fábrica foram danificadas. Outros imóveis próximos foram esvaziados e serão periciados por técnicos e engenheiros.

O porta-voz do Corpo de Bombeiros, Major Noberto Santos, disse em entrevista coletiva que a fábrica funcionava em uma casa improvisada de forma clandestina, ou seja, sem alvará de funcionamento e sem autorização das autoridades municipais e estaduais.

Dos seis feridos, cinco trabalhava na fábrica de fogos de artifício, e a sexta vítima estava na casa ao lado. Todos os feridos foram socorridos e encaminhados a hospitais da região.

A explosão danificou dezenas de casas próximas a fábrica clandestina localizada em Juazeiro do Norte (CE) – Foto: Reprodução

As causas da explosão ainda são oficialmente desconhecidas, mas já estão sendo investigadas. O proprietário da fábrica clandestina ainda não foi identificado.

A explosão provocou um incêndio na área, o qual foi controlado e extinto. Neste momento os bombeiros realizam o trabalho de rescaldo, com o objetivo de evitar que novos focos de fogo possam surgir no local.

Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionadas e ajudaram no resgate das vítimas, que possuem idades entre 21 e 31 anos.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo