Incêndio atinge e destrói empresa têxtil em Belo Horizonte (MG)

Um incêndio de grandes proporções atingiu e destruiu neste domingo (10) uma empresa têxtil em Belo Horizonte (MG) – Foto: Jornal O Tempo/Cortesia

Um incêndio de grandes proporções atingiu na manhã deste domingo (10), por volta das 08h05min (horário de Brasília), uma empresa têxtil em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Ainda não há informações sobre possíveis vítimas, mas os danos são consideráveis.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM) de Minas Gerais, equipes da corporação e do Corpo de Bombeiros foram mobilizadas e enviadas para a região, que foi totalmente isolada. As vias públicas de acesso a empresa foram fechadas e o tráfego de veículos na área está suspenso.

Uma fonte do Corpo de Bombeiros, que pediu para não ser identificada, disse que o incêndio atingiu a Empresa Ematex, localizada na Avenida Tereza Cristina, no Bairro do Prado, Região Oeste de Belo Horizonte.

Ao todo, foram enviados para o local quatro viaturas da Polícia Militar, oito viaturas do Corpo de Bombeiros e um helicóptero da corporação.

Foto: Twitter/Reprodução

Informações preliminares revelam que no momento do incêndio estava no local apenas o vigia, que imediatamente acionou o Corpo de Bombeiros. Ele deixou a área em segurança e comunicou o ocorrido aos proprietários da empresa.

Outros funcionários da empresa chegaram logo depois do início do fogo e tentaram retirar alguns materiais inflamáveis, mas eles não conseguiram o intento, e várias explosões foram ouvidas.

Esses mesmos funcionários informaram que o incêndio consumiu tecidos, espumas e solventes, além de documentos, mobiliário e equipamentos diversos, inclusive de informática.

Foto: Twitter/Reprodução

Militares do Corpo de Bombeiros trabalharam por horas na tentativa de controlar e apagar totalmente as chamas. Neste momento eles fazem o trabalho de rescaldo, com o objetivo de evitar que novos focos de fogo possam surgir no local.

Uma equipe da Defesa Civil está no local avaliando os danos causados a infraestrutura do prédio. Uma análise preliminar revela que há risco de desabamento de parte da edificação.

A pista marginal da Avenida Tereza Cristina, no sentido Centro, permanece interditada. A fumaça negra e tóxica é vista em vários bairros de Belo Horizonte.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo