Hoje (31/01) inicia-se greve na Santa Casa de Campo Grande

Sem a confirmação ou mesmo previsão do pagamento dos 27% – referentes ao valor do 13º salário – que ainda estão em atraso, 70% da categoria da enfermagem da Santa Casa de Campo Grande cruzará os braços a partir de amanhã (31/01). Outras categorias como a dos técnicos em radiologia e trabalhadores administrativos do hospital também deflagrarão greve.

Foto: Divulgação

“Os profissionais estão cansados desse descaso. O 13º salário deveria ser pago integralmente no dia 20 de dezembro, de lá para cá, cada dia recebemos informações negativas de atrasos de repasses seja da prefeitura ou do governo do Estado. O Hospital teve 12 meses para programar esse pagamento, que é previsto por lei. Até quando o trabalhador tem que aguentar esse jogo de empurra? As contas não esperam, os juros são altos. Por isso, a categoria aprovou a greve por unanimidade na Assembleia que ocorreu no dia 28 de janeiro” explica o presidente Lázaro Santana.

Durante o período de greve, apenas 30% da categoria irá trabalhar, haverá escala organizada pelo movimento grevista. “O sindicato apoia cada trabalhador e trabalhadora, estamos juntos e também orientando os profissionais. Pedimos a compreensão da sociedade que também sofre os impactos do descaso dos órgãos públicos com o maior hospital de atendimento do Sistema Único de Saúde da capital sul-mato-grossense”.

Entenda

No dia 20 de dezembro, data limite para pagamento do 13º salário, o hospital pagou apenas 60% do valor. Em janeiro, ocorreu atraso da folha de dezembro que só foi efetuado após mobilização dos trabalhadores. No final do mês, o hospital pagou apenas 13% do valor restante do 13º salário após a categoria sinalizar paralisação. A reivindicação é o pagamento do total restante. “Além de ser um direito, os profissionais têm contas para pagar, mensalidades escolares, impostos” critica Lázaro Santana.

Greve

A greve terá início às 12h30minutos, neste horário, haverá mobilização em frente à entrada principal do hospital. As atividades só serão retomadas após o pagamento total do valor restante do 13º salário.

Fonte: Assessoria de Imprensa SIEMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo