Tornado atinge e Cuba e deixa pelo menos 3 mortos e 172 feridos

Tornado atinge Cuba e deixa um rastro de destruição — Foto: Adalberto Roque / AFP

Um forte tornado atingiu na noite deste domingo (27/01) várias regiões de Cuba causando a morte de pelo menos três pessoas e deixando outras 172 feridas. As equipes de resgate continuam trabalhando no socorro às vítimas.

De acordo com informações das principais agências internacionais, o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel, percorreu várias ruas de Havana, capital do país, supervisionado os trabalhos das equipes de emergência.

As imagens divulgadas até o momento mostram danos na infraestrutura do país e destruição de várias casas.

Várias regiões do país foram inundadas, fazendo com que carros ficassem submersos. Postes e árvores foram derrubados e/ou lançados sobre muros, varandas, casas e edifícios comerciais.

O tornado que atingiu Cuba neste domingo (27/01) derrubou postes e árvores em Havana, capital do país. — Foto: Adalberto Roque/ AFP

O Hospital Materno Infantil Filhas da Galícia teve que ser evacuado às pressas devido aos danos causados as suas instalações. Todos os pacientes foram encaminhados a outros hospitais.

As sirenes de alerta soaram interruptamente durante toda a noite de ontem em Havana, e foi possível ver viaturas dos bombeiros e da polícia, além de ambulâncias, se deslocando em trabalhos de resgate.

Várias ruas do Bairro Luyanó, no município 10 de Octubre, em Havana, ficaram alagadas e foi possível ver escombros boiando nas águas. Outros bairros da capital afetados pelos alagamentos foram: Santos Suárez, Vía Blanca e Chibás.

Vários bairros de Havana permanecem sem energia elétrica, e segundo as autoridades, a luz foi cortada por precaução.

Após a passagem do tornado, moradores voltam as suas regiões em Havana e observam os estragos. — Foto: Adalberto Roque / AFP

Miguel Díaz-Canel percorreu as ruas da capital durante toda a madrugada desta segunda-feira (28/01), supervisionando os trabalhos de resgate.

O tornado ocorreu durante uma tempestade que já atingia a Zona Oeste de Cuba, com rajadas de até 100 km/h. O tornado foi classificado como sendo de categoria 4 ou 5, tendo o seu impacto sido restrito a algumas áreas.

Os meteorologistas cubanos informaram que este fenômeno aconteceu devido a um temporal extratropical que atingiu a Ilha de Cuba, tendo ela descido posteriormente o Sudeste do Golfo do México.

A Zona Oeste de Cuba foi a mais atingida pelo tornado, tendo as províncias de Pinar del Rio, Artemisa e Mayabeque sido as mais prejudicadas.

Neste momento, o tornado se desloca pelo Centro do país, porém com menor intensidade.

Com informações das Agências Reuters e Associated Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo