Incêndio atinge e destrói lojas no centro de Belo Horizonte (MG)

Um incêndio atingiu na manhã desta quinta-feira (03/01) uma galeria de lojas no Bairro Barro Preto, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais. Ainda não há informações sobre as prováveis causas do incêndio.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o incêndio começou por volta das 08h45min (horário de Brasília), tendo as chamas sido controladas pelos bombeiros por volta das 09h30min (horário de Brasília). Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Foto: Corpo de Bombeiros/MG – Divulgação

Testemunhas disseram que as chamas foram vistas por populares, que imediatamente avisou a todos os clientes e funcionários, que deixaram rapidamente as lojas. A galeria foi completamente esvaziada.

Equipes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil foram acionadas e rapidamente chegaram ao local, que foi isolado. As ruas de acesso a galeria foram interditadas.

Ao todo, foram enviadas para o local, duas equipes da Polícia Militar, nove viaturas e 40 militares do Corpo de Bombeiros e duas equipes da Defesa Civil.

A fumaça que se desprendeu do local tomou conta da Rua Araguari, que precisou ser interditada. O tráfego de veículos foi suspenso e os motoristas foram orientados a deixar a região.

Foto: Corpo de Bombeiros/MG – Divulgação

Por precaução, devido a densa fumaça preta que se desprendia do incêndio, e que pode ser tóxica, os proprietários de lojas foram impedidos de entrar no local para tentar salvar alguns produtos.

O fogo foi totalmente extinto por volta das 10h35min (horário de Brasília), tendo os bombeiros realizado posteriormente, o trabalho de rescaldo, visando impedir que novos focos de fogo surgissem no local.

Técnicos e peritos da Defesa Civil estão vistoriando as lojas para verificar se as estruturas das edificações ficaram ou não comprometidas.

Um dos lojistas, que pediu para não ser identificado, disse que o fogo começou em uma loja de panos de prato. No local existem cerca de 100 estandes/minilojas.

O prédio possui seis andares, sendo três de lojas e três de estacionamento de veículos. As causas do incêndio serão apuradas pelo Corpo de Bombeiros, que irá elaborar um laudo.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo