Explosão em prédio governamental deixa mortos e feridos no Norte da Rússia

Uma forte explosão atingiu na manhã desta quarta-feira (31/10) a sede regional do Serviço Federal de Segurança (FSB) na cidade de Arkhangelsk, no Norte da Rússia, causando a morte de uma pessoa e deixando outras três feridas. As causas do incidente ainda são oficialmente desconhecidas, mas já estão sendo apuradas pelas autoridades policiais russas.

De acordo com as primeiras informações, divulgadas agora a pouco pelas principais agências internacionais de notícias, as autoridades policiais russas acreditam em ataque terrorista, já que foi usado um explosivo ainda não identificado.

Ataque terrorista deixa 1 morto e 3 feridos em Arkhangelsk, no Norte da Rússia. O atentado foi em prédio do governo russo – Foto: Reprodução

Militares e policiais russos foram mobilizados e isolaram a sede do FSB. A cidade encontra-se em estado de alerta máximo e todas as pessoas que estavam no prédio foram identificadas e liberadas.

Equipes de emergência, formadas por policiais, bombeiros e membros das Forças de Segurança, foram mobilizadas e já iniciaram os trabalhos de combate às chamas e o socorro às vítimas.

Três funcionários do FSB ficaram gravemente feridos e todos foram levados de helicópteros a hospitais da região. O estado de saúde das vítimas não foi informado.

O porta-voz do Comitê Antiterrorista Russo divulgou um comunicado oficial a imprensa, que diz: “Segundo as informações preliminares, a pessoa que entrou no edifício tirou do bolso um objeto não identificado que explodiu em suas mãos. Como consequência sofreu ferimentos fatais“.

Paramédicos socorrem vítima de explosão no Serviço Federal de Segurança (FSB), em Arkhangelsk, no Norte da Rússia, nesta quarta-feira (31/10) — Foto: Region 29/ Reuters / Cortesia

A explosão aconteceu por volta das 08h52min (horário local) e às 02h25 horário de Brasília) e deixou o prédio do Serviço Federal de Segurança danificado.

A região encontra-se isolada e todas as ruas que dão acesso ao prédio do FSB foram interditadas. Somente carros oficiais e autoridades podem se aproximar do local.

O governador regional Arkhangelsk, Igor Orlov, disse em entrevista coletiva, que as autoridades policiais estão trabalhando para identificar o suspeito e o tipo de explosivo que ele no prédio.

Já o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, disse em entrevista coletiva, que o presidente russo, Vladimir Putin, foi informado sobre o ataque, mas que ele não irá se manifestar sobre o ocorrido neste primeiro momento.

Os ataques contra policiais e membros dos serviços de segurança são raros na Rússia, com exceção do Cáucaso do Norte, onde os moradores são majoritariamente mulçumanos, e onde as autoridades russas enfrentam rebeldes islâmicos.

Com informações das Agências France Presse e Reuters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo