Policiais prendem dono de mercado em Campo Grande (MS) por vender produto vencido

Policiais da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon) prenderam em flagrante na manhã desta quinta-feira (06/09) um comerciante de 59 anos, acusado de vender produtos com a data vencida e, consequentemente, estragados.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) de Mato Grosso do Sul, o flagrante aconteceu em um mercado que fica localizado no Bairro Santo Amaro, em Campo Grande, capital do Estado.

Foto: Decon / Divulgação

No local foram apreendidos pacotes de carnes e de linguiças com datas vencidas, sendo que em alguns casos os produtos estavam estragados, ou seja, impróprio para o consumo humano.

Entre os pacotes de carnes apreendidos, havia alguns com data de vencimento em 30 de março de 2018. A quantidade de produtos apreendidos ainda será calculada.

Policiais do Decon encontraram funcionários fabricando linguiças com carnes estragadas e embalando os respectivos produtos.

O mercado/açougue foi fechado e interditado pela Vigilância Sanitária e o proprietário, de 59 anos, preso. Os funcionários prestaram depoimento e foram liberados.

O dono do estabelecimento comercial já havia sido autuado e multado anteriormente por vender produtos vencidos. Ele vai responder a processo por crime contra as relações de consumo.

Com informações da Assessoria de Comunicação da SEJUSP/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo