TVE Cultura transmite em setembro o II Festival Cultural do Chamamé

Evento será realizado dos dias 19 a 23 com entrada franca e promete transformar a Cidade Morena na Capital do Chamamé.

Campo Grande sedia entre 19 e 23 de setembro o II Festival Cultural do Chamamé, que promete reunir embajadas (delegações) de Argentina, Paraguai e Brasil em torno de um ritmo que é patrimônio cultural imaterial de povos desses países. O evento, que acontece no Parque das Nações Indígenas e no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo (o Palácio Popular da Cultura), foi lançado na noite desta quarta-feira (15) no Sesc Horto e terá transmissão ao vivo pela TVE Cultura das principais atrações.

Diretor-presidente da Fertel (Fundação Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul), o jornalista Bosco Martins afirmou ser obrigação da comunicação pública estadual dar espaço uma expressão cultural tão presente no Estado.

II Festival do Chamamé – Foto: Facebook/Reprodução

“Uma das preocupações que pautam a TVE Cultura e a 104.7 FM Educativa é dar o merecido espaço para a música regional. E o chamamé é uma música quase onipresente em nossa cultura, conhecida por praticamente toda a nossa população. É com muito orgulho que anunciamos a transmissão do II Festival Cultural do Chamamé, que será um marco nesse início da nova era digital da TVE Cultura” afirmou Bosco.

A data de transmissão coincide com a programação interna da Fertel para migração do sinal da TVE Cultura do satélite C3 para o StarOne C2, que atingirá 24 milhões de lares e 70 milhões de famílias no Mercosul –outra ação que integra a melhoria do sinal, que já é transmitido no sistema digital. “São mudanças que integram, também, a melhoria no conteúdo da programação, com foco regional e a divulgação da cultura. O II Festival do Chamamé será o primeiro grande evento que vamos retransmitir para a América Latina”, destacou o diretor-presidente da Fertel.

II Festival do Chamamé – Foto: Facebook/Reprodução

Identidade cultural

O II Festival Cultural do Chamamé é realizado pelo Instituto Cultural do Chamamé de Mato Grosso do Sul, Fertel e Secc (Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania). Presidente do instituto, o radialista Orivaldo Mengual –apresentador do programa Hora do Chamamé, da 104.7 FM Educativa– destaca a importância do evento em diferentes campos.

“Primeiro, ele garante o fortalecimento dos músicos regionais, os nossos chamamezeiros, que apenas recentemente voltaram a ser valorizados depois de anos de esquecimento, mas que ainda precisam ter mais visibilidade e apoio”, afirmou. “Além disso, o festival ressalta uma identidade musical muito forte que Mato Grosso do Sul tem: o próprio chamamé que, ao lado da guarânia e da polca, estão presentes em nosso povo”.

II Festival do Chamamé – Foto: Facebook/Reprodução

“Como o próprio secretário Athayde Nery (Cultura e Cidadania) sempre destaca, eventos como este ressaltam a preocupação com a cidadania cultural, do pertencimento da comunidade à realidade na qual está imersa”, frisou Bosco Martins.

O II Festival Cultura do Chamamé de Mato Grosso do Sul foi apresentado em 6 de março, em ato na Governadoria, quando também foi discutido o pleito coletivo entre Brasil e Argentina para que o Chamamé seja declarado, ainda em 2018, Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

II Festival do Chamamé – Foto: Facebook/Reprodução

Dia Estadual do Chamamé

A abertura do II Festival Cultural do Chamamé de Mato Grosso do Sul será em 19 de setembro, o Dia Estadual do Chamamé, pela Reina y el Rei del Chamamé: Julián y Virginia, Pareja de La Fiesta Nacional del Chamamé (de Corrientes, Argentina), Som do Berrante e Neguinho Berranteiro, Balet Oficial do Instituto Cultural Chamamé MS, Ballet Oficial Villa Guillermina (Argentina), Grupo Acaba e a apresentação do acordeonista argentino Santhyago Rios y su Trio.

Nos dias 19, 20, 22 e 23 de setembro, as atividades acontecerão na praça de grandes eventos do Parque das Nações Indígenas. Em 21 de setembro, às 19h, acontece a “Noite de Gala do Chamamé”, no auditório Manoel de Barros do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, com apresentações de grupos de Mato Grosso do Sul, Argentina e Paraguai e um tributo a Zé Corrêa –considerado o precursor do chamamé em Mato Grosso do Sul, com 16 discos gravados pela Gravadora Califórnia.

Além de atrações musicais, o festival contará com a Feira Gastronômica da Fronteira, com a cozinha regional comandada pelas colônias sul-mato-grossenses que são parceiras do evento. Tereré, mate, sopa paraguaia, chipa, locro, linguiça de maracajú, arroz com guariroba e carreteiro, guisado de mandioca (caribéu), pucherada, pequi e paçoca de carne são alguns dos pratos disponíveis. Uma comitiva pantaneira também falará sobre a vida e a culinária no Pantanal.

II Festival do Chamamé – Foto: Facebook/Reprodução

Confira abaixo a programação do 2º Festival Cultural do Chamamé:

19 de setembro, Dia Estadual do Chamamé

Embajada de Villa Guilhermina (Província de Santa Fé, Argentina)

Local – Auditório da Fertel (avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, Parque dos Poderes)

09:00 – Abertura

09:15 – Apresentação da Pareja Campeona del Chamamá Edição – 2017

09:30 – Rosana Cortez y Sebastian Vera Coronel (Guitarra)

10:00 – Apresentação do quadro argumental: “Villa Guillermina, história, presente y futuro”

10:30 – Apresentação do Livro de “Ricardo Visconti Vallejos, la leyenda de A Villa Guillermina”, por Gustavo Toranzo.

11:30 – Apresentação Pareja Campeona del Chamamá – 2018

12:00 – Encerramento

Parque das Nações Indígenas/praça dos grandes eventos

16:00 – Feira Gastronomica

17:00 – Abertura e transmissão ao vivo pelo Programa “A Hora do Chamamé”

17:15 – Som do Berrante: Peão Pantaneiro (Miranda/ MS) e Neguinho Berranteiro (Três Lagoas/MS);

17:30 – Castelo e Grupo (Campo Grande/MS);

18:00 – Los Norteñitos del Chamame (Villa Guilhermina);

18:30 – Maestro Filipin y Trio Los Dimantes del Paraguay (Cel Oviedo/Paraguay)

19:00 – Everton Otoni (Três Lagoas/MS);

19:30 – Maurício Brito & Humerto Yule (Sidrolândia/MS);

20:00 – Abertura Oficial (autoridades)

20:30 – Grupo Acaba (Campo Grande/MS);

21:20 – Santhyago Rios & Trio (Buenos Aires/Argentina)

22:00 – Encerramento

20 de setembro

Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, auditório Germano de Barros

09:00 – Oficinal de música (Cesar Frete, Miryam Beatriz e Pajarito Silvestre)

12:00 – Encerramento

Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, salão de exposições

14:00 – Oficina de dança – Cristyan Quiroz (Corrientes) e Alma Trini (Asunción)

16:00 – Encerramento

Parque das Nações Indígenas, praça dos grandes eventos

Embajada de Villa Guilhermina, Província Santa Fé/Argentina

16:00 – Feira Gastronômica da Fronteira

16:50 – Abertura – transmissão ao vivo pelo Programa “A Hora do Chamamé”

17:00 – Daniela Massaro cantante

17:30 – Agrupacion Raices Gauchas

17:50 – Dario Lugo – ganador certamen Pre fiesta del Chamame año 2016

18:20 – Ballet Oficial Villa Guillermina – “Un Pueblo en Chamamé” Pasado Presente y Futuro

18:40 – Rosana Cortez cantante acompañado en Guitarra por Sebastian Vera Coronel

19:10 – Pareja Campeona del Chamame 2017

19:30 – Los Nortenitos

20:00 – Agrupacion Retoños de mi pueblo

20:20 – Los Guilherminenses

20:50 – Ballet Neconacta – Centro Artístico (Avellaneda, Reconquista, Santa Fé, Argentina)

21:10 – Escuela de Danzas Villa Guillermina

21:30 – Grupo Urupa (Federal, Argentina)

22:00 – Encerramento

21 de setembro

Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, auditório Germano de Barros

Seminário Internacional do Chamamé: Patrimônio Imaterial da Humanidade, com a dra. Maria Gabriela Gabriela Basualdo (Directora de Relaciones Internacionales da Província de Corrientes), Engenheiro Gabriel Romero (Director do Instituto de Cultura da Província de Corrientes), Eduardo Sivori (Director de Artes Cênicas del Instituo de Cultura da Província de Corrientes) e Carlos Stegelmaan (Secretário de Cultura de La Municipalidad de Corrientes)

08:30 – Credenciamento

09:00 – Evento

12:00 – Encerramento

13:00 – Exposición – Disertacion – Intercambio del Pensamiento, por dr. Roberto Villalba (Diretor do Centro Cultural “Siete Corrientes”, de Corrientes, Argentina).

  • Obra Literaria Latino Americana del Dr Roberto Villalba
  • Investigación de Códices Mexicanos Antiguos

16:00 – Encerramento

Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, teatro Manoel de Barros

17:00 – Abertura (Transmissão ao vivo pelo Programa A Hora do Chamamé)

18:00 – Lançamento do livro “Zé Corrêa – O Rei do Chamamé” – Precursor do Chamamé MS, por Márcio Guimarães Barbosa (biógrafo)

19:00 – Tributo a Zé Corrêa: Aldo Colman (Ponta Porã/MS), Aléx Corrêa (Guia Lopes da Laguna/MS).

20:00 – Discurso autoridades

20:30 – Julian Naessens y Virginia Ramirez – Pareja Nacional del Chamamé – Corrientes/Argentina)

20:50 – Cesar Frete e Trio (Corrientes/Argentina)

21:40 – Compañía Internacional de Danza Taborda (Assunção/Paraguay);

22:00 – Pajarito Silvestre y Grupo Enramada (Federal/Argentina)

22:50 – Miriam Beatriz (Assunção, Paraguay)

23:50 – Encerramento

22 de setembro

Parque das Nações Indígenas, praça dos grandes eventos

07:00 – Abertura – Feira Gastronômica

08:00 – Cidinho Castelo (Campo Grande/MS)

08:30 – Hélinho do Bandoneón (Campo Grande/MS);

09:00 – Moacir Chamamezeiro (Etnia Kadiwéu – Bodoquena/MS);

09:30 – Luiz Espinoza (São Gabriél do Oeste/MS)

10:00 – Pedrinho y Grupo (Fátima do Sul/MS);

10:30 – Wilson Chamamezeiro (Campo Grande/MS);

11:00 – Jakeline Sanfoneira (Campo Grande/MS);

11:30 – Zézinho Nantes (Campo Grande/MS);

12:00 – Trio Calendário (Campo Grande/MS);

12:30 – Samuka Benites (Campo Grande/MS);

13:00 – Patrick da Gaita & Grupo (Aldeia Buriti/Dois Irmãos do Buriti/MS);

13:30 – Los Guarangos: Pablo y Doly(Asunción/Paraguay);

14:00 – Los Forasteiros del Chamamé (Campo Grande/MS);

14:30 – Delinha & Grupo Antigo Aposento (Campo Grande/MS);

15:00 – Grupo Confluência (Corrientes/Argentina)

15:30 – Malena Ayelen Sierak & Ballet El Hornerito (Federal Entre Rios/Argentina);

16:00 – Grupo Desparramo (Campo Grande/MS);

16:30 – Marlon Maciél & Grupo (Campo Grande/MS);

17:00 – Escuelas de Arpas y Guitarras (Pedro Juan Caballero/Paraguay)

17:30 – Caio Escobar (Campo Grande/MS);

18:00 – Emilianito Lopez (Buenos Aires/Argentina);

18:50 – Ramão Martins “Dr. do Chamamé” (Bodoquena/MS);

19:20 – Gustavo Galeano y Su Luna Payeseira (Pirane, Província de Formosa);

20:00 – Compañía Internacional de Danza Taborda – (Assunção/Paraguay);

20:20 – Jazmin del Paraguay (Asunción/Paraguay);

21:10 – Pareja Nacional del Chamamé: Julian Naessens y Virginia Ramirez (Corrientes/Argentina);

21:20 – Mário Bonfil & Chingoli Boffil (Corrientes/Argentina);

22:00 – Encerramento

23 de setembro

Parque das Nações Indígenas, praça dos grandes eventos

08:00 – Abertura – Feira Gastronômica da Fronteira

08:10 – Concurso de Dança (Coordenação Depto. Cultura FUNDESPORTE);

11:00 – Nilsinho Chamamezeiro (Campo Grande/MS)

11:30 – Marcelo Ojeda (Salto De Guairá/Paraguay);

12:00 – Dom Ramon Sanfoneiro (Rio Brilhante/MS);

12:30 – Roberto Rech (Campo Grande/MS);

13:00 – Alcir Rodrigues (Campo Grande/MS);

13:30 – Tião César & Grupo (Campo Grande/MS)

14:00 – Maciél Corrêa (Campo Grande/MS);

14:30 – Ballet David Sanches (PJC/Paraguay);

14:50 – Roaldo Alexandre (Campo Grande/MS);

15:20 – Ronny e Ronaldo (Candoi/Paraná);

15:50 – Pajarito Silvestre & Grupo Enramada (Federal/Argentina);

16:40 – Gabriél Flores (Campo Grande/MS);

17:10 – Noemi Oviedo & Grupo (Asunción/Paraguay);

18:00 – Grupo de Danza Reminiscência Paraguay (Pedro Juan Caballero/Paraguay);

18:20 – Adail Nino y Nara leide (Campo Grande/MS);

18:50 – Castelo & Vinicius (Campo Grande/MS);

19:30 – Paulo & Sérgio Arguelo (Campo Grande/MS);

20:00 – Pareja Nacional del Chamamé: Julian Naessens y Virginia Ramirez – (Corrientes/Argentina)

20:20 – Grupo Nuevo Amanecer (Santa Fé/Argentina);

21:10 – Maestro Filipin y Trio Los Dimantes del Paraguay (Cel Oviedo/Paraguay)

22:00 – Encerramento

Toda a programação sujeita a modificações por razões artísticas, técnicas ou de força maior. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site http://www.chamamems.com.br ou pelos telefones (67) 99927-5144 e (67) 99275-9015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo