Vazamento de esgoto mata cerca de 5 mil peixes em Dourados (MS)

Foto: IMAM/Reprodução

A Polícia Militar Ambiental (PMA) em Mato Grosso do Sul divulgou na manhã deste domingo (25/03), a informação de que policiais da corporação, juntamente com técnicos do Instituto de Meio Ambiente (IMASUL), flagraram na zona rural de Dourados, a 197 km de distância de Campo Grande, um vazamento de esgoto in natura em rios e córregos.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS, o flagrante aconteceu essa semana, tendo o vazamento do esgoto causado a morte de pelo menos cinco mil peixes. A poluição atingiu pelo menos três chácaras e uma fazenda.

Informações preliminares revelam que a tubulação de esgoto que passa por debaixo do solo entupiu, provocando o vazamento próximo as represas que levam água potável as propriedades rurais.

Três propriedades rurais utilizaram as represas para criar os peixes, que posteriormente eram comercializados na região.

Em nota divulgada à imprensa, a Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul (Sanesul), que administra a rede de esgoto em Dourados, informou que o acidente foi causado por uma obstrução na rede por pedras e entulhos, e que o problema já foi resolvido.

Com relação a responsabilidade da empresa e o possível ressarcimento dos pequenos produtores rurais, o caso será analisado depois que uma investigação interna for concluída.

Já o presidente do Instituto de Meio Ambiente de Dourados (IMAM), Fábio Luís da Silva, disse que o vazamento do esgoto também atingiu o Córrego Paragem. Amostras da água e dos peixes foram coletados para serem analisados.

O Ministério Público Estadual (MPE) já foi comunicado do acidente e na segunda-feira (26/03) irá tomar as providências cabíveis ao caso.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PMA/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo