PRF apreende drogas e armas na BR-163, próximo a Campo Grande (MS)

Foto: PRF/MS – Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira (05/03), a informação de que policiais da corporação conseguiram apreender na Rodovia BR-163, nas imediações de Campo Grande, capital do Estado, dois carregamentos de drogas, armas e munições, que estavam sendo conduzido em duas caminhonetes. Duas pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PRF/MS, as apreensões e as prisões dos suspeitos aconteceram no domingo (04/03), durante uma fiscalização e rotina. Acredita-se que os carregamentos de armas e drogas tinha como destino o Rio de Janeiro.

Segundo dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, os policiais rodoviários federais faziam uma blitz na rodovia quando avistaram duas caminhonetes e um carro de passeio trafegando por uma das pistas em comboio e sinalizaram para que os motoristas parassem os respectivos veículos.

Durante a abordagem os policiais checaram os documentos dos motoristas e os dos veículos e constataram que estavam aparentemente em ordem. No entanto, eles desconfiaram das atitudes de dois condutores, que se mostraram excessivamente nervosos.

Todos foram convidados a descer dos respectivos veículos e a esperarem ao lado das viaturas policiais, enquanto agentes da PRF vistoriavam os veículos.

Nas duas caminhonetes foram localizados fundos falsos, os quais estavam lacrados. Foi necessário usar uma tesoura mecânica para cortar as latarias dos veículos.

No total foram encontrados e apreendidos 500 kg de maconha, cinco pistolas 9 milímetros de uso restrito, um revólver calibre 38, além de 900 munições de vários calibres. Também foram encontrados e apreendidos rádios comunicadores.

Um homem de 40 anos e uma mulher de 30 anos, que dirigiam as duas caminhonetes, foram presos em flagrante. Eles confessaram o crime, afirmando ainda que o destino do entorpecente e das armas era uma favela no Rio de Janeiro.

Um terceiro suspeito, que dirigia um veículo de passeio, servindo de ‘batedor’ para os dois suspeitos que conduziam as caminhonetes, conseguiu fugir. Ele correu em direção a um matagal existente as margens da rodovia e desapareceu.

Buscas foram realizadas na região, mas até o momento o suspeito não foi localizado.

Com informações da Assessoria de Comunicação da PRF/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo