Motociclista é preso após colidir em carro em bairro de Campo Grande (MS)

O motociclista estava embriagado e sem CNH. Ele foi solto após o pagamento de multa no valor de R$ 1.908,00.

Foto: TV Morena/Reprodução

A Polícia Militar de Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta segunda-feira (26/02), a informação de que policiais da corporação, juntamente com militares do Corpo de Bombeiros, foram acionados para atender a uma ocorrência de acidente em um dos bairros de Campo Grande, capital do Estado.

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do Comando Geral da Polícia Militar (CGPM), o acidente aconteceu na madrugada de hoje, por volta das 05h45min (horário de MS), na Rua da Divisão, no Bairro Aero Rancho e envolveu uma motocicleta, conduzida por um rapaz de 33 anos, e um carro de passeio, que estava estacionado.

Segundo os dados que constam no Boletim de Ocorrência (BO), os quais foram repassados à imprensa, o motociclista seguia pela Rua da Divisão quando aparentemente teria perdido o controle da direção, colidindo violentamente na lateral do carro, que ficou avariado.

Testemunhas que presenciaram o acidente acionaram a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que rapidamente chegaram ao local. Elas disseram que o motociclista estava em alta velocidade.

Assim que chegaram ao local, os policiais militares constataram que o motociclista estava visivelmente embriagado, por exalar de seu corpo um forte odor etílico. O teste do bafômetro constatou a embriaguez.

Em depoimento, o rapaz disse que bebeu cerveja na casa da namorada das 2h às 05h, quando decidiu ir embora. Ele alegou não possuir a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), obrigatória para quem deseja conduzir veículo automotor.

O motociclista alegou ainda que o acidente aconteceu porque ele dormiu ao volante. Ele teve escoriações pelo corpo e foi medicado pelos bombeiros.

Diante dos fatos, os policiais deram voz de prisão ao suspeito, que foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do Bairro Piratininga, onde foi autuado por dirigir veículo automotor sob o efeito de bebida alcoólica e por estar sem a CNH.

Após prestar novo depoimento, desta vez aos policiais civis, o suspeito pagou uma multa no valor de R$ 1.908,00 e foi liberado.

Com informações da Assessoria de Comunicação do CGPM/MS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo